Guia de Londres

O que fazer na maior das capitais da Europa? Este guia de Londres é baseado em nossa última viagem, quando ficamos por 4 dias na capital britânica. Na verdade foram 3 dias e meio, contando com o dia da chegada. Mas, vamos mostrar aqui o que é possível fazer em 4 dias inteiros.

Chegamos ao hotel já no fim da tarde, após quase 2 horas de metrô, vindo diretamente do aeroporto de Heathrow. Fizemos o check-in, deixamo as malas e fomos conhecer a Piccadilly Circus, para se ambientar na cidade. Já era noite e estava frio.

O ideal é não planejar nada para este dia e aproveitar o que der para fazer, dependendo de chegada do voo e tempo de deslocamento até seu hotel.

Como Londres é uma cidade com muitas atrações turísticas, muitos parques, museus e passeios. Por isso, o indicado é ficar 7 dias e, talvez, ainda tenha muito mais a explorar.

No entanto, com esse roteiro de 4 dias inteiros, você consegue aproveitar as principais atrações gratuitas da cidade e ter um ótimo custo x benefício em uma viagem à Europa.

Guia de Londres – principais dicas para sua viagem

Transporte público e Oyster Card

Em relação ao transporte, os preços e o limite diário do metrô variam de acordo com a zona. Já, de ônibus, não importa a zona, você paga sempre o mesmo preço. Após realizar a terceira viagem de ônibus, qualquer outra neste meio de transporte não é mais cobrada. Isso significa que foi atingido o teto máximo diário (chamado de cap, em Londres). Para saber mais, veja aqui todas as informações sobre transporte público e como usar o Oyster Card.

Dicas para passar pela imigração britânica

Veja aqui as principais dicas para passar pela imigração no Reino Unido e saiba quais os documentos para levar na bagagem de mão.

Qual a melhor zona para se hospedar em Londres?

As principais atrações de Londres estão localizadas entre a zona 1 e a zona 2. No entanto, pode ser pesado para o bolso se hospedar na zona 1. Por outro lado, o transporte fica mais caro se a zona for mais distante. Saiba qual a melhor zona para se hospedar em relação ao custo x benefício.

Viajando com crianças? 

Conheça as principais dicas sobre viagem, deslocamento e alimentação para quem deseja viajar com crianças para Londres. Para saber as principais atrações turísticas de interesse da criançada, neste guia de Londres, fique de olho no símbolo .

Como economizar com a alimentação em Londres

Saiba as principais dicas de como e onde se alimentar e economize em sua passagem pela capital britânica.

Resumo do primeiro dia em Londres

Veja aqui o guia completo para o primeiro dia em Londres

  • A torre do Big Ben e o Palácio de Westminster   O Big Ben é o mais famoso ponto de visitação de Londres. O monumento é o relógio da torre do Palácio de Westminster, um complexo de diversos prédios governamentais.
  • Aquário de Londres  (2 a 3 horas) — possui uma coleção diversificada de criaturas marinhas reunidas em um só lugar, incríveis tubarões que podem ser vistos a poucos metros, arraias, lindos peixes de todas as cores, pinguins, crocodilos e diversos animais.
  • Trafalgar Square  — um dos principais pontos turísticos de Londres e considerada por muitas pessoas o coração da cidade. É um local multicultural, com muita música e diversos artistas.
  • National Gallery   (2 horas) — Com entrada franca, é um lugar perfeito para fãs de arte, com diversas pinturas famosas de artistas como Van Gogh, Cézanne, Claude Monet, Boticelli e da Vinci.
National Gallery na Trafalgar Square
  • Leicester Square   um espaço variado entre pubs, teatros, cinemas e cassinos, além de diversas lojas como a M&M Store e a Nickelodeon Store.

Resumo do segundo dia em Londres

Veja aqui o guia completo para o segundo dia em Londres

  • Abbey Road  — eternizada na capa do disco homônimo dos Beatles, com a foto da travessia dos integrantes na faixa de pedestres. O local é um dos mais visitados pontos turísticos de Londres, principalmente entre os amantes de Rock, onde é parada obrigatória.
  • Palácio de Buckingham  — residência oficial e principal local de trabalho do Monarca do Reino Unido em Londres, onde acontece quase que diariamente a troca da guarda, a partir das 11h da manhã.
  • Hard Rock Café    — O primeiro da franquia, fundado em 1971, imperdível para os fãs do rock que estiverem passando por Londres.
  • Museu de História Natural  (2 a 3 horas) — Um dos principais museus de Londres, que possui uma das maiores coleções de espécimes do mundo. É imbatível nos esqueletos e fósseis de dinossauros.

Museu de História Natural - Photo by Kal Carvalho @kalcarvalho1978

Resumo do terceiro dia em Londres

Veja aqui o guia completo para o terceiro dia em Londres

  • Tower Bridge (1 a 2 horas) — Localizada próxima à Torre de Londres, é a ponte mais charmosa e um dos cartões-postais da cidade.
  • London Tower  (2 a 3 horas) — Um castelo medieval no centro da cidade onde estão guardadas algumas relíquias como as jóias da coroa britânica.
  • Abadia de Westminster (1 hora) – uma igreja anglicana em estilo gótico, com funcionamento normal de uma igreja e suas missas, considerada a mais importante de Londres e, algumas vezes a de todo o Reino Unido, por ser o local de coroação dos monarcas britânicos.
  • London Eye(1h30) – uma das maiores rodas gigantes do mundo com vista ampla de toda a cidade.

London Eye - Foto: Kal Carvalho @kalcarvalho1978

Resumo do quarto dia em Londres

Veja aqui o guia completo para o quarto dia em Londres

  • Museu Britânico  (4 horas) — Um dos principais museus de Londres que possui um grande acervo de obras da antiguidade.
  • Covent Garden  é um local entretenimento e palco para artistas de rua. Também há diversas lojas, feira de artesanato, diversos restaurantes e pubs.
  • Piccadilly Circus  É uma das esquinas mais famosas do mundo e chama atenção pelo contraste entre a arquitetura secular dos prédios e a modernidade dos gigantescos e luminosos painéis publicitários.

29622266716_130cc53c52_k

  • Hamley’s  localizada na Regent’s Street, é a mais antiga loja de brinquedos do mundo com 5 andares para delírio da criançada.
  • Oxford Street  É onde está localizada a esquina conhecida como a “esquina do mundo”. Ali, todas as culturas se encontram para fazer compras nas mais variadas lojas espalhadas ao longo da rua.

Passeios opcionais por proximidade

Devido a grande quantidade de atrações em Londres, é possível substituir alguns passeios mais direcionados ao gosto de cada visitante. Desta forma, acesse os principais pontos turísticos de Londres em cada zona e monte o seu roteiro de acordo com o que deseja visitar.

Legenda

 Cartão postal da cidade ou ponto turístico para ser observado.

 Ponto turístico de destaque com visita obrigatória

 Ideal para família com crianças ou o local pode ser de interesse para as crianças

O acesso é feito por ingresso pago

 O acesso é feito sem ingresso pago (entrada franca)

 Passeio com hora marcada, fique de olho no relógio.

Tempo médio de duração do passeio

 Ponto turístico para fãs de um determinado assunto, podendo ser substituído por outro ponto de visitação.

 Local serve almoço, lanche ou jantar ou o local possui estabelecimentos que servem este tipo de refeição

 Local serve bebidas em geral ou o local possui estabelecimentos que servem este tipo de bebida.

 O local é um teatro, cinema, casa de show ou possui diversas atrações entre artes, música, dança, cinema, etc.

 O local é uma loja ou possui diversas lojas para realização de compras

 

4 comentários em “Guia de Londres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *