Principais dicas para viagem a Londres com crianças

Viajar para Londres com crianças pode ser um desafio. Ao chegar em uma das cidades mais desenvolvidas do mundo, você pensa que vai encontrar tudo facilitado para quem está com malas e carrinho de bebê. Porém, nem todas as estações do metrô possuem acessibilidade. A alimentação também é outro desafio para quem sai do Brasil. Porém, após se livrar das malas, a diversão é garantida devido a grande quantidade de atrações para a criançada.

Como se deslocar do aeroporto até o seu hotel

De metrô

Se você acabou de chegar de viagem, está com malas e o carrinho do bebê, o metrô de Londres é a melhor opção para o deslocamento até o seu hotel. Rápido e eficiente, saindo de dentro do aeroporto do Heathrow, a linha Picadilly corta todas as zonas da cidade.

Entretanto, há desvantagens. O metrô londrino é estreito e não possui muito espaço para malas, carrinho de bebê e bolsas. Além disso, algumas estações são muito antigas e não possuem acessibilidade. Nem elevadores e nem escada rolante. Mas, se as crianças já não utilizam carrinho, já vai ser um item a menos para carregar na viagem.

Veja aqui o mapa oficial do metrô e todas as estações que possuem acessibilidade.

priestmangoode_new_tube_for_london2

De ônibus

Mais barato, o ônibus poderia ser o melhor meio de transporte público para quem está com malas e o carrinho de bebê. A plataforma é baixa e dá para entrar com o ele aberto. Há um espaço onde você pode “estacionar” o carrinho. Porém, o aviso diz que a prioridade é para quem está com cadeira de rodas.

A desvantagem de quem está de ônibus é que dependendo da zona de localização do seu hotel, pode ser que tenha que pegar uns 3 ou 4 ônibus. Além de se deslocar a pé entre as trocas. Por isso, antes de viajar, o ideal é planejar a melhor localização do seu hotel em Londres, pode fazer você economizar com deslocamentos.

gatwick-1440x810

Táxi ou Uber?

O aeroporto de Heathrow fica a 30 km do centro de Londres, uma viagem de táxi (black cabs) ou Uber pode chegar a quase 80 libras. Se você vai precisar realizar a mesma viagem na volta, são quase 700 reais somente em deslocamento. Se os filhos forem maiores de 15 anos, talvez valha a pena. No entanto, é preciso fazer as contas primeiro.

blackcab

Heathrow Express

É um serviço expresso de trem que sai do aeroporto de Heathrow. O trem segue por 15 minutos sem paradas até a estação de Paddington, que fica na zona 1. O valor do bilhete custa £22 (£36 ida e volta). Crianças até 15 anos não pagam. De lá, terá que optar por outro transporte para finalizar o deslocamento até o seu hotel.

heathrow_express_2

Transporte público no deslocamento diário

Em relação ao transporte público em geral, as crianças, até 5 anos, não pagam passagem. No dia-a-dia, você pode optar pelo metrô. No entanto, o ônibus continua sendo a opção mais barata e ideal para quem está com o carrinho de bebê. Saiba como utilizar o transporte público em Londres com o Oyster Card.

Alimentação para crianças em Londres

A alimentação talvez seja um dos itens mais complicados para quem vai viajar para um país diferente do seu. Principalmente em Londres, onde o café da manhã é super calórico e os londrinos almoçam sanduíche ou fast food, na pausa para o almoço. É claro que, na alimentação, cada um se vira como pode, mas você pode saber como economizar com alimentação em Londres. Quanto maior o número de dias fora, maior a necessidade de se adaptar.

Café da manhã

A maioria dos hotéis possuem o café da manhã continental, aquele com café, leite e uma diversidade de pães. Além disso, você tem a sua disposição iogurtes e sucos, além dos adicionais do pão como margarina, manteiga, geleias, presunto e queijos.

16714253185_901e35b562_k

Este café da manhã é totalmente diferente do café da manhã britânico ou “English Breakfast”, que é composto por bacon, linguiça, ovos, tomates, cogumelos e até feijão e é acompanhado por pão tostado na manteiga, café ou chá. Como se pode ver, é uma refeição bem calórica, diferente do que estamos acostumados em nosso dia a dia. 

Almoço e Janta (ou lanche)

Ao viajar para países diferentes, a experiência gastronômica deve ser incluída em nosso roteiro. Mas, algumas vezes, com a correria entre as atrações turísticas, o tempo para almoçar fica curto. Porém, não podemos acostumar as crianças a comer tão mal quanto os adultos, em algumas vezes. O ideal é optar por um restaurante, se o seu filho já tem idade para almoçar o mesmo que os adultos. Alguns restaurantes são conhecidos como family-friendly ou child-friendly e possuem área para atividades para as crianças.

image

Se não der para ir ao restaurante todos os dias, uma outra opção é levar papinhas para ele, se ainda estiver aceitando. Calcule o número de dias e leve uma papinha para cada dia que não der para ira a um restaurante. As outras refeições, você pode combinar pãozinho, frutas, sucos, iogurtes, etc. Tudo isso pode ser comprado nos supermercados espalhados pela cidade.

Mas, para equilibrar o peso da mala e do orçamento, você pode optar pelas refeições prontas em alguns dos mercados espalhados em Londres. O sonho de toda criança é comer pizza no almoço. Então, vá até uma das lojas da Tesco, espalhadas por Londres, e você vai encontrar fatias de pizzas quentinhas, saladas e massas por um bom preço. Se preferir um lanche mais saudável, você pode fazer um piquenique com itens comprado no mercado “the co-operative food”. Lá, é possível encontrar frutas, pães, sucos naturais da fruta, entre outros alimentos.

pos-9

Crianças em fase de amamentação

Algumas crianças de colo ainda mamam no peito. A amamentação em público não é proibida em Londres. Em alguns museus, galerias e algumas lojas, possuem espaço família com cadeira para amamentação, troca de fralda e até banho.

Se vai precisar levar leite em pó, calcule o consumo médio de uma lata em dias e verifique o número de dias que vai ficar. É uma conta simples. Se a viagem é de 30 dias e a lata dura, em média, 10 dias, você vai precisar levar 3 latas. O mesmo serve para 25 dias, pois você vai precisar de duas latas e metade de uma terceira.

Se for levar leite em pó e papinhas, mantenha estes produtos em sua embalagem original. Apesar de você poder comprar lá, o preço aqui é bem mais barato. Algumas papinhas, fabricadas fora do Brasil, possuem baixa adição de temperos. A criança pode não se adaptar.

Entretanto, quanto maior o número de dias viajando, maior o número de latas, o que pode ficar pesado na bagagem. Desta forma, o ideal é comprar no local mesmo. Algumas marcas, vendem o leite pronto com um bico descartável. É só anexar à embalagem e você terá uma mamadeira pronta para o seu filho.

10175040

Principais supermercados em Londres

Quem deseja viajar com economia, sabe que as companhias aéreas limitam o número e o peso das bagagens. Assim, é possível comprar muitos itens fora do Brasil, em relação à alimentação das crianças. Porém, algumas vezes você terá que pagar um pouco mais pelo que está comprando. Desta forma, em Londres você vai encontrar diversos supermercados onde dá para comprar sem gastar muito. Veja abaixo uma lista dos principais mercados em Londres:

  • Tesco — possui diversas lojas espalhadas pela cidade. É possível montar sua própria refeição ou encontrar comidas já prontas para a sua refeição como pizzas quentinhas, frango assado inteiro ou em partes, batatas assadas, entre outros legumes, etc. Além disso, você também vai encontrar, frutas, saladas, iogurtes, bebidas diversas, etc.

fresh-food

  • ASDA — é um supermercado que pertence à rede Walmart e onde você vai encontrar Lasanhas e Pizzas por menos de £3. Também possui grande variedade de frutas por menos de £0,50, além de iogurtes e sanduíches prontos.
  • Marks & Spencer Simply Food— vendem uma variedade de alimentos de marca própria, desde os frescos até os congelados.
  • The Co-operative Food — Apesar do número limitado de opções, conta com artigos de padaria bem feitos e saladas de frutas prontas que já vem com garfinho. Além disso, você vai encontrar diversas frutas e sucos 100% naturais (sem adição de conservantes).
 *Atualizada em 25/05/2017

Um comentário em “Principais dicas para viagem a Londres com crianças

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *