Bernina Express: um passeio de trem pelos Alpes

O passeio do Bernina Express é uma experiência única recomendada por 10 entre 10 pessoas que fizeramo passeio. Também conhecido como trenino rosso”, a rota foi escolhida entre as 10 melhores viagens de trem pela Europa.

O Bernina Express é uma rota de trem panorâmico, atravessando os Alpes, entre a Itália e a Suíça. Durante o trajeto você verá desde montanhas cobertas com neve, lagos congelados,  e muito verde ou uma mistura de todos estes cenários. Além disso, o passeio é coroado com diversos viadutos com paisagens de tirar o fôlego. Prepare a máquina fotográfica para tirar belas fotos da sua viagem. E, não esqueça de marcar suas postagens nas redes sociais com nossa hashtag #omelhordeviajar.

O passeio do Bernina Express pode ser iniciado em Tirano, na Itália ou de St. Moritz, na Suíça. Vai depender de onde você virá. Entretanto, para quem está em Milão, poderá seguir até a cidade de Tirano. O mesmo serve para quem está em Zurique e iniciará o passeio em St. Moritz ou Chür.

 

bernina express

O que fazer em Tirano

Descendo em Tirano, antes de seguir para St. Moritz, você pode aproveitar para conhecer a cidade. O ideal é se hospedar por lá e aproveitar um tempinho na cidade. Tirano fascina os visitantes com suas provas artísticas e a sua cultura, assim como como com os vinhos e a sua gastronomia. Está localizada na parte inferior da Valtellina, na fronteira com a Suíça, numa posição estratégica que marcou a sua história conturbada. É cortada pelo rio Adda.

Veja mais dicas sobre Tirano >>

5

Onde se hospedar em Tirano

Veja aqui os melhores hotéis para se hospedar em Tirano

Seguindo viagem pelo Bernina Express

Seguindo viagem para a Suíça, compre as passagens para St. Moritz na estação, se você ainda não reservou sua viagem pela internet. O trem que atravessa os alpes também é conhecido como Trenino Rosso. Antes de realizar sua viagem, você deve optar por um vagão comum ou o vagão panorâmico Bernina Express, porém, há algumas diferenças:

Vagão comum

  • As janelas abrem, porém não são panorâmicas. Entretanto, você consegue capturar todas as fotos e realizar filmagens sem reflexo.
  • Pode ser comprado pela internet, no site da SBB CFF FFS (Schweizerische Bundesbahnen, Chemins de fer fédéraux suisses e Ferrovie federali svizzere. Significado da sigla em alemão, francês e italiano, respectivamente), diretamente na estação ferroviária de Tirano, operado pela trenitália ou em agências especializadas;
  • Custo em francos suíços a partir de CHF 17,60 (aprox. €15) para os que possuem Half-Fare Travelcard Pass (Passe de meia tarifa) . O custo normal é de CHF 35.20.  Mas, você pode seguir nossas dicas e comprar o bilhete com até 50%, utilizando a opção de Supersaver Ticket através do próprio site da SBB CFF FFS (veja abaixo).

Vagão Panorâmico – Bernina Express

  • Não é possível descer nas estações, devido ao fato do lugar estar reservado;
  • Vagões com vista panorâmica, porém, as janelas não abrem. As fotos e filmagens podem ficar com reflexo interno.
  • Pode ser comprado pela internet, através do site da Ferrovia Rética, com custo em francos suíços, a partir de CHF 32 (aprox. €28), sem reserva de lugar.
  • Sem disponibilidade de  Supersaver Ticket através do site.

As regras em comun para ambos tipos de vagão 

  • As crianças com até 6 anos podem viajar no colo sem pagar passagem;
  • Crianças e jovens de 0 a 16 anos pagam 50% da passagem, desde que sentadas.
  • Como a rota do Bernina Express é uma via única, o trem precisa parar nas estações até que o tráfego seja liberado. Essas paradas duram entre 5 e 10 minutos, podendo levar um pouco mais. No entanto, se quiser sair e tirar algumas fotos, você deve verificar com o fiscal do trem a disponibilidade de tempo. Alguns fiscais falam português.

Supersaver Ticket (desconto de até 50%)

Em nossa viagem pelo Bernina Express conseguimos 50% de desconto utilizando a opção de Supersaver Ticket. Esta opção está um pouco escondida no site da SBB CFF FFS. Para o trecho de ida e volta (Tirano – St. Moritz – Tirano), pagamos o total de 32CHF por pessoa (16CHF, por trecho). Normalmente, para esta viagem você pagaria 64CHF (preços de 2018), se você for comprar o bilhete de forma normal. Acontece que, ao escolher origem e destino da viagem, na hora de selecionar a essa opção não aparece se voce ao selecionar “No reduction”, você acaba pagando o preço cheio do bilhete.

Mas, para aqueles que desejam realizar este passeio dos sonhos e ainda pagar um preço camarada, devem planejar esta viagem para os dias da semana. O site não disponibiliza o super desconto nos finais de semana.

Para quem ainda não conhece, os bilhetes podem ser comprados com até 30 dias de antecedência e os descontos podem chegar em 50%, no máximo, dependendo da época. Acesse o site da SBB CFF FFS e siga as nossas dicas abaixo:

  1. Selecione a opção Travelcards & Tickets;
  2. Em seguida, selecione a opção Supersaver Tickets (segunda opção abaixo de Tickets for Switzerland)
  3. No menu a direita, abaixo de Supersaver Ticket, clique em BUY.
  4. Informe Origem e Destino, informe a data e a hora de partida;
  5. Clique em Search for connection e escolha um dos horários disponíveis, na página seguinte.
  6. Você foi redirecionado para uma páginda onde deve colocar seu nome, sobrenome e a data do nascimento.
  7. Em Discount cards, coloque “No reduction”, você verá que o bilhete ficou com o preço cheio.
  8. Desça a página e clique na caixa “% Options for outward journey” que vai abrir duas opções: Individual Tickets ou Supersaver Ticket.
  9. Selecione a opção de Supersaver Ticket e veja o desconto aplicado.
  10. Prossiga com o pagamento e a finalização da compra.

Bernina Express

Experiência dos leitores de O melhor de viajar

Os leitores estão marcando suas viagens com a hashtag #omelhordeviajar. Conheça as dicas e as histórias contadas por eles em um post especial para quem realiza o passeio do Bernina Express.

Bate-volta saindo de Milão

Saindo de Milano Centrale até Tirano

Para quem vai realizar o passeio utilizando o bate-volta de Milão, deve reservar um dia inteiro para isso. Você deve comprar antecipadamente o bilhete Milano Centrale – Tirano, para o horário de 6h20. Verifique a localização do seu hotel, pois o metrô de Milão abre somente após 6h e você precisa chegar em Milano Centrale antes da partida do trem. É possível que tenha que pegar um táxi ou Uber, como fizemos.

A viagem de Milão a Tirano é realizada em um trem regional e tem duração de quase 2h40min. Saia da estação de Tirano e siga pela esqueda até a estação da Ferrovia Rética, que é exatamente ao lado.

De Tirano a St. Moritz pelo Bernina Express

Já com o bilhete de viagem, comprado pela internet, para o horário de 9h40 de Tirano para St. Moritz (não é aconselhável comprar para o de 9h, não dá tempo). Também não aconselhamos comprar os bilhetes na hora da viagem, nas máquinas disponíveis na estação, pois são bem mais caros que no site.

Verifique no bilhete a sua plataforma e acesse o trem, escolha seu vagão de acordo com a classe comprada. A primeira classe tem poltronas maiores e mais confortáveis. Mas, é indicada somente se você comprou o bilhete específico (e mais caro) para ela.

A viagem é tranquila e dura pouco mais de 2h, dependendo do horário, você consegue um vagão livre só para você. Assim, você consegue capturar paisagens dos dois lados. Se viajar acompanhado, fica melhor ainda. Se você viajou no vagão comum, não esqueça de abrir as janelas!

Chegando em St. Moritz

Você vai chegar em St. Moritz por volta de 12h. Saia pela parte de baixo da estação e atravesse a avenida para visualizar o lago St. Moritz See (no inverno, ele estará congelado). Você pode atravessar uma pequena ponte e tirar fotos incríveis do outro lado. Estivemos lá no outono e a borda do lago estava completamente coberta de neve. Mas, o lago não estava congelado.

Retorne para a estação para ir até o centro de St. Moritz (Dorf). Na estação, saia pela rua de cima e siga para o lado esquerdo. Você deve passar por um estacionamento subterrâneo e pegar um elevador (ou funicular) que leva até a parte alta da cidade. Continue subindo e, em 5 minutos, você vai chegar ao centro.

Aproveite o seu tempo em St. Moritz e no retorno, após as escadas rolantes, você consegue ir até um mezanino de onde se pode tirar várias fotos do lago.

Voltando a Tirano/Milão

O retorno pode ser feito no trem de 15h48, no máximo. Durante o outono, você poderá ver um lindo contraste de cores, durante o por do sol no Lago Bianco (foto abaixo). No entanto, já será noite no resto da viagem. Caso queira apreciar o restante do percurso com o dia claro, considere reservar o trem 1h mais cedo.

Na volta, você chega a Tirano perto de 18h19 (se pegou o trem das 15h48). Tenha reservado o trem para retorno a Milão para 19h08. Fique atento, pois o último trem para Milão é 20h08 e chega por volta de 22h40.

Passeios com guia e pacotes

Se tiver preferência por fazer o passeio com guia, existem diversos sites que vendem esse pacote. Como em toda compra realizada pela internet, sempre fique atento ao que vai comprar, procure referências sobre o site que está vendendo, experiências de outras pessoas ou realize suas compras em sites mais confiáveis, que tenham CNPJ ativo e SAC para esclarecimento de dúvidas. Você também pode contratar diretamente em Milão, na Itália, ou em St. Moritz, na Suíça, que são, definitivamente os detinos finais de cada rota em cada país.

RhB_ABe_4_4_III_Kreisviadukt_BrusioA viagem é uma experiência única, a Bermina Express foi escolhida pela revista National Geographic como uma das 10 melhores viagens de trem da Europa, onde serão vistas paisagens deslumbrantes como lagos, estações lindas e nos vales alpinos, as montanhas sempre estão com neve, mesmo durante o verão. O trem vermelho da empresa Rhaetian Railways (RhB) passa por 55 túneis e 196 pontes e chega a um pico de 2.252 metros de altitude. Chegando em Brusio, logo após ultrapassar a fronteira da Itália para a Suíça, o trem passará por um viaduto em formato de caracol. O trem enfrenta declives onde um dos trechos foi tombado pela UNESCO como Patrimônio Mundial. Para quem sai de Tirano, além de St. Moritz, ainda é possível ir até Davos Platz ou Chur, na Suíça. Para ir até Zurique, deve-se pegar a rota que passa por Chur.

Da Suíça para a Itália em um dia (ou vice-versa)

Além de ir da Itália com destino a Suíça, é possível fazer o mesmo trajeto vindo do sentido contrário. Mas, para quem não quer parar em Tirano, ou em qualquer outra cidade pelo caminho, é possível ir Zurique até Milão em um único dia, utilizando a Bernina Express como rota panorâmica. Entretanto, tem que pegar os trens que vão até Chur. De lá, segue pela Bernina Express até Tirano. Por fim, na cidade italiana, realiza o embarque para Milão. Saindo antes das 8h, é possível chegar pouco antes das 18h em Milano Centrale. Porém, o sentido inverso não é aconselhável durante o inverno, em um mesmo dia, pois o sol se põe mais cedo e não será possível apreciar as paisagens quando chegar na parte mais alta.

*Atualizado em 03/05/2017 às 16h55

14 comentários em “Bernina Express: um passeio de trem pelos Alpes

  • Pingback:10 posts mais visitados em 2017 | O melhor de viajar

  • 23 de julho de 2018 em 11:32
    Permalink

    Oi Marcia.
    Acho que estou um pouco atrasado, rrrr. Vc fez o passeio, gostou? Espero que sim. Este ano volte para a Itália e conheci tb Amsterdam. ainda vou fazer novamente esse passeio no Bernina express. Se quiser mais informações pode mandar por email mvdituri@hotmail.com

    Resposta
  • Pingback:O que fazer em Tirano, norte da Itália | O melhor de viajar

  • 16 de outubro de 2017 em 09:29
    Permalink

    Parabéns por essas publicações que acrescentam conhecimento e informação para os amantes do turismo!!!

    Resposta
  • 18 de julho de 2017 em 18:25
    Permalink

    Gostaria de receber alguns roteiro na suíça ,chegando em Zurick e alugando um carro para conhecer ,sempre passando por estradas secundárias

    Resposta
  • Pingback:Bernina Express - como viajar de trem pelos Alpes entre a Itália e Suíça

  • Pingback:10 posts mais visitados em 2016

  • 2 de janeiro de 2017 em 13:42
    Permalink

    Talvez ajude acrescentar que o bilhete para o Bernina Express pode ser adquiridos no guichê, em Lugano ou Tirano, para viajar no mesmo dia. Em agosto/16, em plenas férias do verão europeu portanto, saindo de Milão cheguei a Tirano depois das 11:00h e comprei 3 bilhetes do Bernina com saída por volta das 13:00h, com muita facilidade. Fiz o trecho Tirano-Chur num trem completamente vazio. Se considerarmos as taxas a nós impostas (câmbio, banco, cartão de crédito) saiu bem mais em conta a compra in loco, vez que aceitam pagamento em euro. E para quem tem um passe suíço ainda consegue um bom desconto em trens panorâmicos. Aliás, viajei pela Suíça por 20 dias e ter o passe me garantiu ótimos descontos.

    Resposta
    • 2 de janeiro de 2017 em 14:14
      Permalink

      Olá Marilu.
      Eu fiz esse passeio em outubro de 2015 de Tirano para ST Moritz, achei uma experiência muito muito maravilhosa, foi minha primeira vez vendo neve eu confesso lágrimas escorreram. Fiquei com medo de comprar em Tirano é não encontrar a passagem, comprei pelo site o bilhete chegou em casa todo lacrado em uma embalagem bem legal, paguei mais caro mas me garanti. Valeu mesmo espero repetir essa experiência com um percurso maior.
      Abraços Marilu.

    • 2 de janeiro de 2017 em 14:23
      Permalink

      Mauro, também ficaria com receio de perder o passeio. Você solicitou o envio para o Brasil?

      Att,

  • Pingback:Conheça o Festival do Presunto de Parma

  • 7 de março de 2016 em 17:40
    Permalink

    É um passeio sensacional, maravilhoso, que for para Milão ou tirano de onde eu sai não pode perder esse passeio.

    Resposta
    • 12 de março de 2016 em 00:40
      Permalink

      Oi, Mauro, quero fazer este passeio em outubro deste ano, mas me informaram que sai muito caro e saindo de Milão, tem que passar uma noite na Suiça…vc tem mais informações???

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: