Morar em Portugal

Uma grande quantidade de brasileiros tem ido morar em Portugal, nos últimos tempos. A falta de perspectiva de melhora na situação político-econômica do nosso país é um dos fatores principais que tem levado famosos e desconhecidos a migrar para a terrinha. A ligação histórica entre os países e o idioma também têm facilitado este processo do busca do sonho de viver na Europa.

Pesam a favor de Portugal, na hora de decidir se vale a pena ou não, questões como segurança, educação e qualidade de vida. Estes são fatores primordiais para escolha do país como destino. Além de tudo, você terá um custo de vida menor, manterá contato com pessoas de diversas nacionalidades e estará mais próximo de diversos destinos na Europa.

Como destino de férias, Portugal foi descoberto por turistas nos últimos anos e um tem se tornado um dos melhores destinos turísticos de férias para europeus de outros países. Além disso, o país é uma perdição na gastronomia com seus pasteis de nata, azeites, vinhos e bacalhaus. Mas, para viver lá é preciso planejamento financeiro e organização da vida aqui no Brasil, antes de ir em busca deste novo “sonho americano”.

https://www.omelhordeviajar.com.br/2018/03/morar-em-portugal.html

O que é preciso para morar em Portugal ?

Cidadania portuguesa ou de algum país-membro da União Europeia

Portugal é o pais mais ao ocidente do continente Europeu e faz parte da União Europeia desde 1986, quando entrou junto com a Espanha. Entre os países-membros, é permitida a livre circulação, além de outros direitos e deveres.

Para morar em Portugal legalmente, se já possui cidadania de qualquer país-membro da União Europeia, você não vai precisar de nenhum visto para morar em Portugal. É possível obter a cidadania por descendência, naturalização ou casamento.

Mas, se você ainda não tem e gostaria de saber se você tem direito, é importante consultar um guia especializado sobre o assunto. O site eLondres.com fez um levantamento do que é preciso para ter cidadania europeia. Mas, o importante pesquisar sempre, porque essas leis podem mudar de uma hora para outra.

Visto e permanência definitiva

Contudo, caso você não tenha direito a uma cidadania europeia, há outras formas de se obter o visto e a permanência definitiva pode ser obtida, estando em Portugal legalmente por mais de 5 ou  6 anos.

Desta forma, para obter o visto para estudar ou trabalhar e, assim, morar em Portugal, é preciso dar entrada no pedido do visto correspondente junto a embaixada e consulados portugueses, ainda no Brasil.

Tipos de Visto para morar em Portugal
Visto de Estudo

O visto de estudante é um tipo de visto concedido a quem pretende cursar Universidade, Mestrado ou Doutorado em Portugal. O visto também é concedido para quem pretende fazer intercâmbio, durante o período de faculdade aqui no Brasil. É importante ter o comprovante de matrícula e o termo de aceite do curso em Portugal. No entanto, é preciso comprovar renda para demonstrar que é possível se manter durante o período do curso.

Visto de Rendas Próprias (D7)

Concedido para quem recebe aposentadoria ou rendimentos comprovados superiores a 557€.

Visto de Trabalho

Este visto é concedido quando um profissional é convidado para trabalhar em Portugal através de carta-convite. No entanto, inicialmente, a empresa deve divulgar a vaga por 30 dias para residentes portugueses. Caso não haja candidatos, ela pode fazer o convite de trabalho para um profissional estrangeiro.

Visto de Empreendedor

É um tipo de visto concedido para quem deseja abrir um negócio em Portugal. Pode ser solicitado no Brasil ou para quem já está no país. Para adquirir este visto, é importante comprovar renda para viver em Portugal, através de extratos bancários e declaração de imposto de renda, etc. Além disso, é necessário ter passaporte válido, certidão de antecedentes criminais, projeto de abertura da empresa e comprovativos de investimentos no país.

Visto de Startup

É um novo tipo de visto, concedido pelo governo português a partir deste ano. Ele é ideal para quem tem ideias inovadoras e startups, já existentes no Brasil. É preciso prestar serviços ou ter produtos inovadores. O governo busca empresas que tenham potencial para atingir um valor mínimo de 350 mil euros/ano em negócios.

Golden Visa

É um visto é concedido para qualquer pessoa que comprar um ou mais imóveis no país, desde que a soma total do investimento seja de 500 mil euros. No entanto, para imóveis com mais de 30 anos ou em área de reabilitação, o valor cai para 350 mil euros.

O Golden Visa também é concedido para quem:

  • abrir empresa com, pelo menos, 10 empregos diretos, sem valor mínimo definido;
  • investir 1 milhão de euros no mercado financeiro;
  • investir 500 mil em pequenas e médias empresas;
  • investir 350 mil em investigação científica;
  • ou aplicar 250 mil em produção artística e preservação do patrimônio cultural.

Custo de vida e poder de compra em Portugal

É um dos itens principais a se considerar no planejamento, quando se fala em morar em Portugal. Cidades como Lisboa e Porto possuem custo de vida mais caros do que Braga ou Coimbra, por exemplo.

O custo de vida para um casal sem filhos, considerando moradia, alimentação, gastos com luz e água, além de internet, TV e telefone, fica em média de 800 euros para cidades com menor custo de vida e 1400 euros em cidades como Lisboa, por exemplo.

Dizem que não devemos fazer comparações. Mas, uma pessoa que ganha um salário mínimo e mora no Brasil, não possui o mesmo poder de compra de quem mora em Portugal. Considerando que o salário mínimo em Portugal é de 557 euros e o do Brasil 957 reais, em 2018. Nesta conta, o salário mínimo brasileiro seria equivalente a 237 euros.

Entretanto, considerando o preço do leite em Portugal de €0,50 e de R$ 2,59 (€0,64) no Brasil (preço de Rio de Janeiro na alta da safra), com o salário português, você compra 1114 litros de leite e, com o salário brasileiro, você compra aproximadamente 369 litros.

Fora tudo isso, você vai encontrar bacalhau a €6,00 o kg, azeite a €3,00 a garrafa de 750ml, além de produtos de qualidade, frutas e verduras mais selecionadas, o que pode ser mais benéfico para a saúde, no futuro.

Emprego

Portugal tem um dos custos de vida mais baixos da Europa. Por outro lado, o salário mínimo também é um dos mais baixos.

No entanto, para quem ainda está no Brasil, é possível encontrar emprego em Portugal montando um bom currículo e com um perfil no LinkedIn. É possível encontrar diversas vagas de emprego na própria rede social.

Além do LinkedIn, Você ainda pode buscar emprego em Portugal nos diversos sites de agências de emprego:

Ao buscar um emprego, tenha em mente que você vai ter concorrência e que sua qualificação pode fazer diferença. Fluência em inglês e uma outra língua pode ser o diferencial.

É importante também fazer contatos, tirar dúvidas e trocar experiências com pessoas que já estão em Portugal. Você pode conseguir isso, participando dos diversos grupos de emprego existentes em redes sociais.

Clima em Portugal

O clima em Portugal é mediterrânico, onde o verão costuma ser quente e seco e o inverno com temperaturas mais baixas e maior presença de chuvas. Durante os períodos de estiagem, as temperaturas médias ficam entre 25 °C a 35 °C. No inverno úmido, caem para 0 °C a 10 °C;

Entretanto, apesar de não ser tão frio como outros países europeus, o clima costuma ser diferente em cada região do país. No geral, a primavera é ensolarada como o verão e possui temperaturas mais amenas, entre 11 e 20ºC. No verão, julho e agosto são os meses mais secos, a mínima é de 20ºC e a máxima pode passar de 40ºC, em dias mais extremos.

No outono, as temperaturas voltam a cair e ficam entre 8 e 22ºC, acompanhados de chuva em alguns dias. Porém, com a proximidade do final do outono, as paisagens assumem belos tons dourados ou avermelhados, sobretudo no norte do país.

No inverno, a temperatura cai e pode oscilar entre 8º e 12ºC em Lisboa ou outras cidades do sul. Já o norte as temperaturas podem ficar abaixo de zero, chegando a -5ºC na Serra da Estrela, onde neva. Os dias são mais curtos e chega a ter 9 horas de luz solar, no dia 21 de dezembro.

Mais dicas sobre Morar em Portugal

O guia Morar em Portugal conta com a experiência de seus autores, Robson e Patrícia Alves, que são gaúchos de Porto Alegre. Eles vivem em Portugal, juntamente com suas duas filhas, desde 2006.

O casal imigrantes vem ajudando muitas pessoas que chegam à Portugal, por muitas vezes, perdidas e sem informações. Desta forma, buscando ajudar os brasileiros que têm o sonho de morar em Portugal, eles elaboraram um guia prático sobre a vida em Portugal. O guia possui conteúdo dinâmico e de fácil entendimento. Além disso, eles ainda dão todo o suporte para as dúvidas de quem planeja ir para Portugal em definitivo.

O que você vai aprender com o Guia Morar em Portugal*
  • Como solicitar o tipo de visto desejado
  • Como se matricular em uma pós graduação
  • Como abrir conta bancária, que documentos vai precisar e quais os melhores bancos
  • Como transferir dinheiro para o Brasil, como enviar dinheiro para Portugal e qual as melhores operadoras de câmbio
  • Mercado de trabalho, quais as profissões em alta
  • Como comprar carro, quais os métodos de financiamento e quais despesas e impostos do automóvel
  • Como fazer o PB4 e quando é preciso
  • Como ter acesso ao sistema de saúde, estando ilegal
  • Como tirar a cidadania Portuguesa sem intermediários

https://go.hotmart.com/E7490997C

* Este post contém conteúdo patrocinado (publicidade)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: