Lugano em um dia: bate-volta de Milão

Lugano em um dia é uma ótima opção para um bate-volta, partindo de Milão. A viagem de trem dura aproximadamente 1h e você consegue aproveitar bastante o dia, voltando no final da tarde.

Lugano é uma cidade Suíça, localizada no cantão de Ticino. Esta região é a mais italiana da Suíça, por estar muito próxima da fronteira ao norte da Itália. A cidade ainda mantém algumas características de uma cidade italiana, porque é parte dos cantões que estão mais ligados à Itália, principalmente, por causa da língua. Outras cidades que você vai encontrar neste cantão são Locarno e Bellinzolla.

A cidade é como a maioria das cidades suíças: acolhedora, limpa e onde a tranquilidade está presente por todos os lados. Além disso, Lugano é cercada por altas montanhas verdes e pelo lago de mesmo nome.

Dizem que Lugano é a área da Suíça com mais horas de sol por ano, onde você vai ver iates navegando no lago e famílias inteiras aproveitando o sol. Lugano também possui clima mais ameno do que o resto do país, sendo local favorito de turistas alemães, holandeses e para suíços que querem fugir de temperaturas mais frias. Além disso, apesar de estar na Suíça, a precipitação de neve é um acontecimento incomum na região e a novidade costuma parar a cidade.

Onde se hospedar em Lugano

Se ficou encantado com Lugano e quer aproveitar a noite por lá, você pode aproveitar para se hospedar por lá.

A melhor localização para se hospedar em Lugano é no centro histórico. A maioria dos hotéis na suíça possuem preço elevado, mas você vai encontrar hotéis com bom preço em Lugano. Contudo, são poucas opções para compras de “última hora”. Então, é ideal planejar antecipadamente sua viagem.

Veja opções de hospedagem em Lugano >>

Como chegar a Lugano (saindo de Milão)

Compre suas passagens de trem no site da Trenitalia ou nas máquinas disponíveis nas estações. O trem parte de Milano Centrale com destino a Lugano e a viagem dura cerca de 1h15min. O bilhete custa 24€ (preços de 2018).

São trens regulares e você vai conseguir comprar bons horários. O ideal é sair bem cedo e chegar lá antes do almoço para aproveitar o dia.

O que fazer em Lugano

Lugano se desenvolveu no entorno do lago que leva o mesmo nome da cidade. A paisagem do lago estará presente em quase todos os locais da cidade. Além de passear pelo lago, você poderá subir de funicular aos Montes San Salvatore e Brè, visitar o Parque Cívico e passear pelo centro histórico.

Talvez não dê tempo para realizar todos os passeios, dependendo da época. Mas, é importante planejar custo, prioridade e a proximidades de passeio. Uma dica é não planejar este passeio para um domingo, a maioria das lojas e atrações da cidade estará fechada, inclusive supermercados.

Lago de Lugano

O lago de Lugano é um cartão postal da cidade. À beira do lago, você encontrará praias artificiais, poderá escolher um restaurante para almoçar ou tomar um café. Também é possível caminhar pela orla do lago e admirar sua paisagem ou fazer um tour de barco.

Os passeios de barco vão para Gandria ou Morcote e custam entre 25 e 40 francos suíços. Os preços caem quase pela metade, para quem possui o Swiss Pass.

Parco Civico

É um parque muito bonito, localizado à beira do lago, bem abaixo do Monte Brè. É um jardim impecável e bem florido com tulipas e azáleas. Além disso, possui pistas para ciclistas e é ideal para relaxar no final da tarde, contemplando a vista. Deste ponto se tem uma bela e exuberante vista do lago, da cidade de do Monte San Salvatore.

Monte San Salvatore e Monte Brè

Ambas montanhas possuem belas e espetaculares vistas da cidade e do Lago di Lugano. O acesso aos montes é feito por funicular em 2 níveis. No meio da subida, troca-se de funicular, mas são trajetos bem tranquilos. No entanto, fique atento aos horários de subida e descida para poder não perder muito tempo durante o passeio. O preço dos bilhetes custa em torno de 30 Francos Suíços, com desconto de 50% para Swiss Pass.

Para o Monte San Salvatore, o mais alto da região, o funicular inicia na estação Paradiso e, para acessar o Monte Brè, vá até a estação Cassarate. No alto dos montes você também vai encontrar restaurante e café, que funcionam até 18h.

Piazza della Riforma

É a principal praça da cidade, entre o centro histórico e o lago. Ela é grande, animada e aconchegante, com bares e restaurantes que a circundam. Depois de caminhar pela orla do lago, vale a pena fazer uma pausa em um dos muitos restaurantes e experimentar uma das muitas sugestões dos menus. Enquanto isso, contemplar a praça e a movimentação da cidade de Lugano.

A praça possui edifícios antigos, em particular o da Câmara Municipal. É bem enfeitada com vasos de plantas ornamentais. É um belo local para fãs de arquitetura e boa gastronomia. A praça é um quadrilátero que de um lado se abre em direção para a bela fonte e o encantador lago. Do outro lado da fonte, logo na esquina, está localizado o belo edifício do Banco da Suíça Italiana.

Igreja Santa Maria degli Angeli

É uma igreja do século XV, muito simples por fora, bucólica e com uma beleza pura. Apesar da simplicidade,  guarda belíssimos afrescos em seu interior. A igreja está localizada no centro da cidade, bem em frente ao lagoA pintura de “Passione e Crocefissione” di Bernardino Luini é, simplesmente, fantástica!

 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: