O que fazer em Parma e arredores

Parma é uma cidade com vida cultural em efervescência, sem contar que está localizada na região Emiglia-Romagna. Esta região, do norte da Itália, talvez seja a de maior concentração dos sabores da culinária italiana, contendo com itens como o presunto de parma e o queijo parmesão. Além disso, a região também é produtora de vinhos e vinagres balsâmicos. E é em Parma que você pode apreciar e degustar estas maravilhas da culinária italiana. Desta forma, se você está em busca de história, arte e gastronomia, a cidade de Parma pode ser o destino que você está procurando.

O que fazer em Parma

Além de Parma ser considerada um paraíso gourmet, é uma cidade com muita história e com uma bela arquitetura, com boa parte sendo reconstruída após a Segunda Guerra Mundial. As principais atrações de Parma são o Batistério e a Catedral de Parma, localizados na tranquila Piazza del Duomo. Outros lugares que merece ser visitados são o Teatro Reggio e o Palazzo della Pilotta.

Batistério de Parma

O Batistério é um prédio octogonal, feito completamente em mármore branco e rosado, datado do século XII. Ao longo do tempo foi sendo modificado, mas permanece conservado. Ele representa o melhor exemplo de transição entre a arquitetura e arte romanesca para a gótica, na Itália. Benedetto Antelami, que reproduziu a maioria das esculturas, típicas da iconografia medieval, supervisou parte desta construção. As esculturas no mármore contam passagens bíblicas e, no seu interior, retratam figuras religiosas, os meses, as estações do ano e até os signos do zodíaco.

Catedral de Parma

A Cattedrale di Santa Maria Assunta (ou Duomo di Parma) tem este nome por ser dedicada a Virgem Maria. Ela possui uma fachada simples e esconde um surpreendente interior, rico em detalhes e com muita história. Por dentro, é muito bonita, com diversas obras de arte da época do Renascimento. À noite, é usada uma moeda para iluminar o teto. A catedral foi construída por um bispo herege. Mas, em 1117, acabou sendo destruída por um terremoto, sendo reerguida no século XII. A torre do campanário foi construída no século seguinte e em seu topo vemos um anjo em cobre. As pinturas são extremamente homogêneas, seguindo o estilo de Correggio que trabalhou na cúpula. As portas de madeira são originais e o trabalho de pedra em cima da porta é imperdível.

Catedral de Parma

 Palazzo della Pilotta

É um imenso complexo artístico que compreende o Teatro Farnese, a Galeria Nacional, a Biblioteca Palatina e o Museu Arqueológico.  É um antigo centro de poder dos senhores de Parma: desde os Farnese, do século XVI até os Bourbons. Local de muita história, com diversas atrações, para quem aprecia a cultura e a arte.

Teatro Farnese

É um teatro enorme e dá a ideia do quanto os duques de Parma valorizavam a arte da dramaturgia. Ele foi projetado como os anfiteatros do Império Romano, porém, é todo em madeira. Aqui foram realizados espetáculos musicais, peças musicadas por Claudio Monteverdi, etc.

Galleria Nazionale

Apesar de seu acervo espetacular, é possível que seja um das galerias menos visitadas e valorizadas na Itália. Entre as obras, o visitante poderá apreciar o que de melhor se produziu na Europa do magnífico século XVI. Afrescos de Correggio, a “Testa di Fanciulla”, de Leonardo da Vinci, a “Schiava Turca” de Parmigianino e obras de artistas como Fra Angelico, El Graco, Bronzino e Canova.

Biblioteca Palatina

Fundada no século XVIII por Filipe de Bourbon, a biblioteca conserva mais de 700 mil volumes. Peças antigas e valiosas, incluindo manuscritos iluminados do século XI.

Museu Arqueológico

Este museu expõe material arqueológico da era pré-romana e romana, encontrados em Velleia. Entre as peças se destaca a Tábua Alimentar, uma especie de código agrícola romano gravado em una enorme placa de bronze.

Teatro Reggio

O Teatro é muito interessante e revela uma descentralização surpreendente .No hall de entrada, você já tem um teaser sobre o que eles fazem: grandes apresentações, eventos de artes cênicas e musicais de todos os portes. Por fora, arquitetura clássica e, por dentro, uma ambientação a la Coliseu.

Visitação às fábricas

O turismo gastronômico é o ponto forte da região. Para quem vai viajar a Parma, não pode deixar de visitar uma das queijarias ou presuntarias do local.

Para fábricas de Presunto de Parma, você deve acessar o site oficial do Consórcio do Presunto de Parma e verificar a possibilidade de agendar uma visita.  Para as queijarias vinculadas ao Consórcio Parmigiano-Reggianoé possível para marcar uma visita guiada, através do site oficial.

A visitação nessas fábricas começa logo cedo, às 08h30 da manhã. No entanto, procure fazer suas reservas com até duas semanas de antecedência. Caso não consiga, continue tentando porque pode haver alguma desistência.

Presunto de Parma na Fábrica da Galloni

parmesao

Festival do Presunto de Parma

O prosciutto di Parma é um dos mais famosos da Itália. Um produto com denominação de origem protegida, feito com pernas de porcos criados nas regiões central e norte da Itália. Os animais são alimentados com alimentação especial: cevada, milho, fruta e o soro de restos do coalho do queijo parmesão.

O evento acontece, normalmente, no mês de setembro de cada ano. O calendário possui diversas iniciativas com eventos dedicados à gastronomia, entretenimento, cultura, atividades esportivas, noites musicais, atividades para crianças, diversas feirinhas espalhadas pela região e muitas outras propostas.  Se quiser saber mais consulte aqui.

Festival do Presunto de Parma

Experiências gastronômicas

Sempre que vamos a Itália não deixamos de apreciar as delícias da cozinha italiana, uma das nossas favoritas. Quando possível, procuramos sempre nos hospedar em hotéis que possuam uma cozinha dentro do quarto, passamos no mercado e fazemos à massa com os ingredientes do local. Mas, também, já estivemos em alguns restaurantes entre Roma e Florença, para degustar as famosas pizzas e massas feitas por italianos na Itália.

Onde se hospedar em Parma

Os melhores locais para se hospedar em Parma ficam no centro histórico. Essa localização facilita diversos passeios que podem ser feitos a pé ou de bicicleta.

Consulte aqui os principais hotéis disponíveis para a data da sua viagem

O que comer em Parma e arredores

Além do queijo parmesão e o presunto de Parma, você pode experimentar outros pratos típicos da Emiglia-Romagna. A capital da região é Bologna, terra do molho à bolonhesa. Então, não deixe de experimentar a Lasagna alla Bolognese, degustando um vinho Lambrusco, que também é produzido nas proximidades.

Lasagne alla Bolognese

Como chegar em Parma

Parma fica localizada no norte da Itália, na Região de Emiglia-Romagna, entre as cidades de Milão e Bologna. Você pode ir de trem e a viagem dura entre 1h e 2h. Para quem sai de Roma, a viagem de trem dura entre 3h e 6h, com parada em Bolonha.

Passando somente um dia em Parma

Pegue um trem regional de Milão para Bologna (ou o inverso), desça em Parma e aproveite o dia no local.  Para seguir viagem, pegue o último trem regional para Bolonha.  Com essa opção, segundo as novas regras, você deve adquirir um novo bilhete. Basta pegar qualquer trem regional com o mesmo trajeto.

Para aproveitar melhor o passeio, deixe suas malas no depósito de bagagens da própria estação de Parma. Dependendo da validade do bilhete, é possível até dormir uma noite no local. Mas, fique atento para não perder a validade porque a multa é pesada: €200. Vale mais a pena comprar um novo bilhete por €7 e descartar o anterior.

Dicas de rota a partir de Parma

Em direção a Milão, de onde se pode seguir para Turim e, depois, para Aosta na região do Valle d’Aosta.  Ou, ainda de Milão, você pode ir a Tirano e fazer o passeio do Bernina Express que passa nos Alpes.

Segundo para Bologna, você pode descer em Modena, visitar o Museu Enzo Ferrari e o Museu da Ferrari em Maranello. Desse trajeto ainda pode seguir para Florença e, aproveitar nosso roteiro de 7 dias na Toscana. Por fim, após Florença, você pode seguir para Roma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *