Roteiro de 7 dias pela Toscana

Pode se dizer que a Toscana é a região mais procurada por turistas na Itália. Apesar disso, a Itália não é feita somente dessas paisagens que aparecem em filmes ou novelas. Sendo assim, preparamos um roteiro na Toscana, incluindo as principais cidades, algumas paisagens e outros lugares que merecem ser visitados por história e importância cultural, além da sua beleza.

Para iniciar nosso roteiro na Toscana, estabelecemos base em Florença, que é a capital da região. Desta forma, além de conhecer os principais pontos turísticos da cidade, você também vai conhecer outras localidades como Siena, Pisa, Lucca, San Giminiano, entre outras. Além disso, você vai saber quais passeios vai poder reservar um pouco mais de tempo para conhecer cidades menores que estão nas proximidades.

Roteiro de 7 dias pela Toscana

  • Primeiro e segundo dia: Florença
  • Terceiro dia: Lucca e Pisa
  • Quarto dia: Região dos Chianti e pernoite em Siena.
  • Quinto dia: Siena, Monteriggioni e San Giminiano. Retorno para Florença
  • Sexto dia: Livorno
  • Sétimo dia: Arezzo
  • Dia da chegada (metade de um dia): Fiesole, para quem conseguir fazer o check-in cedo no hotel.

1Florença

Florença é a capital da região da Toscana e uma das mais famosas cidades da Itália. Preparamos um roteiro de dois dias com os principais pontos turísticos, onde você vai poder visitar as principais galerias, o Duomo de Florença, além de ter uma experiência da cidade.

Resumo do roteiro de dois dias em Florença
  • Onde se hospedar em Florença
  • Onde comer em Florença
  • Duomo de Florença
  • Como furar evitar a fila na Galeria degli Uffizzi e na Galeria dell’Accademia
  • Piazza della Signora
  • Piazzalle Michelangelo
  • TestDrive Ferrari
  • Ponte Vecchio
  • Palazzo Vecchio
  • Piazza della Repubblica
Veja tudo isso e muito mais em nosso Roteiro de dois dias em Florença

2Pisa

Pisa é uma das cidades mais conhecidas no mundo por causa da Torre Inclinada. Mas, a cidade também possui outros pontos de interesse para o viajante pela Toscana. É uma cidade de fácil acesso por trem, partindo da estação Santa Maria Novella, em Florença.

Piazza dei Miracoli

Se você tiver poucas horas de passagem por Pisa, este é o ponto principal da cidade. É onde está localizada a Torre di Pisa. Além da famosa torre inclinada, você também vai encontrar o Duomo di Santa Maria Assunta (Catedral de Pisa), o Batistério de San Giovanni e o Camposanto.

 Outras atrações turísticas em Pisa
  • Piazza dei Cavalieri —  foi o coração pulsante da vida na Pisa antiga, indicado para fãs de história. Por vários anos, ela foi o centro político da República de Pisa de Cosimo I de’ Medici, que transformou a sede da ordem militar dos cavaleiros templários de St. Stephen (“I Cavalieri di San Stefano”) com o objetivo de privar a cidade a mais visíveis sinais de seu passado independente e republicano. Na Piazza dei Cavalieri você vai encontrar o Palazzo della Carovana, o Palazzo dell’Orologio, o Palazzo del Consiglio dei Dodici e a Igreja de Santo Stefano dei Cavalieri.
  • Borgo Stretto — Uma rua que liga a estação central a Torre de Pisa, com diversas lojas sob os arcos medievais, além de cafés e restaurantes tipicamente italianos.
  • Torres inclinadas da Igreja de San Nicola e da Igreja de San Michele degli Scalzi — Pisa ainda possui outras duas torres inclinadas que merecem uma visita, pelo menos, pela curiosidade.
  • Os “Lugarni” — ainda no caminho entre a estação central e a famosa Torre de Pisa, você atravessa a Ponte di Mezzo, por onde passa o Rio Arno. Este ponto é espetacular durante o dia, especialmente ao pôr do sol. O local também é ladeado por residências elegantes de pisanos famosos no passado e, também, de outras partes da história da cidade.
Hospedagem, gastronomia e roteito completo para um dia em Pisa
Como chegar a Pisa

Saindo de Florença, compre seu bilhete de viagem nas máquinas automáticas na estação Santa Maria Novella. Pegue o trem em direção a Pisa Centrale.


3Lucca

As cidades de Pisa, Siena e Florença são as mais famosas da região da Toscana. Mas, para quem viaja constantemente para esta região, deve reservar um dia para conhecer Lucca. É uma pequena cidade antiga, das mais belas da região, cuja ainda é fechada em suas autênticas muralhas medievais. Lucca também é conhecida por “cidade das cem igrejas”, graças ao número de edifícios religiosos dentro das paredes; Na verdade, além das igrejas oficiais, existem muitas capelas privadas dentro do palácio imponente.

Principais atrações turísticas em Lucca
  • Muralha Medieval — existem poucas muralhas tão bem preservadas como a de Lucca. Com extensão de cerca de 5 km, estas muralhas foram destinadas para defesa, mas nunca foram efetivamente atacadas por inimigos. A muralha representa tudo o que é o centro histórico da cidade e hoje se tornou um passeio turístico, que pode ser percorrido em sua totalidade, a pé ou de bicicleta.
  • Torre do Relógio — É uma torre medieval que fica na bela cidade de Lucca com uma bela vista para a cidade. A torre chama a atenção pela sua altura e beleza. No entanto, nada mais do que pela sua conservação.
  • Torre Guinigi — É um dos monumentos mais famosos de Lucca. Foi construída em 1.390 pela família Guinigi, de banqueiros ricos da cidade. Foi construída como uma demonstração de poder e prestígio. O que chama a atenção é o jardim com carvalhos que estão na parte de cima dela.  Você ainda pode comprar um ingresso para subir os 231 degraus da torre e também ter uma bela vista da cidade de Lucca.
  • Basílica San Frediano — A basílica é impressionante, grande e solene. Construída em 1200 com vestígios de que foi construída sobre outra igreja menor, de 550. Possui belíssimos mosaicos bizantinos na fachada e a ausência de janelas mostra o quanto é antiga, românica. O interior é rico, com afrescos de diferentes épocas. Há uma linda pia batismal e capelas laterais. Todos vão ver a múmia de Santa Zita, exposta num macabro caixão de vidro. O toque dos sinos invade toda a cidade, e são especialmente comoventes ao final da tarde.
  • Igreja de São Miguel — Enorme basílica católica romana construída sobre um fórum romano. Observe sua impressionante fachada, colunas e arcos que levam ao topo, coroado por uma enorme escultura de São Miguel Arcanjo derrotando um dragão.
Onde se hospedar em Lucca

Para quem deseja passar uma noite em Lucca, pode consultar os melhores hotéis aqui.

Como chegar a Lucca

Assim como ir para Pisa, você pode comprar seu bilhete de viagem na estação Santa Maria Novella. Pegue o trem em direção a Lucca. Você ainda pode combinar esse passeio com um pulo até Pisa e, depois,  retornar direto para Florença.


4Região dos Chianti

A Região dos Chianti é a região dos vinhos da Toscana, situada entre Florença e Siena. É uma das áreas mais conhecidas da região e apreciada em todo o mundo. Talvez seja a parte da Itália mais exibida em filmes e novelas.

No meio do caminho, pequeninas cidades, como Radda in Chianti, Greve in Chianti e Castellina in Chianti, valem uma visita. Nestas cidades você vai encontrar diversos mercadinhos, cantinas e enotecas. No entanto, o vinho é o grande atrativo desta rota de Chianti. Na estrada, é possível observar diversas plantações de uvas. A maioria das vinícolas recebem turistas para degustação, além de oferecer almoço ou jantar.

Hospedagem na Região de Chianti

Clique aqui para consultar os melhores hotéis para passar uma noite ou mais na região de Chianti

Como chegar a Região de Chianti

Não existem trens que atravessem a rota dos Chianti. Desta forma, pode ser percorrida de carro. Entretanto, para evitar “beber e dirigir”, você pode contratar uma excursão pela região.

Uma boa dica é se hospedar em Siena no dia de visitar a Região de Chianti. Assim, você atravessa as cidades com calma e chega em Siena para dormir.

Para quem não deseja contratar uma excursão ou alugar um carro, há ônibus que atravessam a região. Saindo da estação Orsini, em Florença, você pode pegar um ônibus que vai de Florença até a Região de Chianti

Clique aqui e faça download dos horários de ônibus e paradas

 5Siena

Siena impressiona por sua conservação. É um lugar que preserva sua história, sua arte e suas tradições ao longo dos anos. É uma das cidades medievais que ainda permanece com a atmosfera que nos remete imediatamente à épocas muitos distantes. Por volta dos séculos XIII, XIV ou XV.

Localizada no centro da Toscana, a 74km de Florença, foi construída no alto de colinas e cercada por antigas muralhas. A cidade possui um fabuloso centro histórico. Siena é uma cidade que não pode, de modo algum, faltar em um roteiro de viagem pela Toscana.

Principais atrações turísticas em Siena
  • Piazza del Campo — é a principal praça da cidade, sede de diversos eventos que acontecem em Siena. Entre eles, o Pálio di Siena, uma corrida de cavalos que ocorre desde a Idade Média. Esta praça reúne alguns dos mais importantes monumentos da cidade como a Torre del Mangia, o Palazzo Pubblico e a Fonte Gaia, com vários restaurantes que colocam suas mesas ao redor da praça. Em formato de leque e inclinada como um anfiteatro grego, a praça foi construída pelo governo de Siena para mostrar a imponência da cidade. Os primeiros documentos, que falam sobre a praça, são de 1169.
  • Palazzo Pubblico e a Torre del Mangia — O Palazzo Pubblico foi construído no início do século XIII e possui arquitetura medieval italiana com influência gótica. Durante um longo tempo foi sede do governo de Siena. A Torre del Mangia foi construída entre 20 e 50 anos após. Ela possui 102 metros de altura e é uma das mais altas torres medievais da Europa.
  • Catedral de Siena — A Catedral de Santa Maria Assunta ou, simplesmente, o Duomo di Siena, é uma das atrações mais visitadas na cidade. Ela foi Construída entre 1220 e 1370, sendo um dos principais exemplos da arquitetura românica-gótica da Toscana. Internamente, ela guarda diversos “tesouros” da arte de diferentes épocas: gótica, renascentista, barroca, representados por artistas de grande importância para a história.
  • Biblioteca Piccolomini — Faz parte do complexo do Duomo e oferece aos visitantes diversas obras de arte. Entre elas, os afrescos pintados por Pinturicchio e seus seguidores no início do século XVI.
  • Centro Histórico de Siena
Onde se hospedar em Siena

Clique aqui para consultar os melhores hotéis para hospedagem em Siena

Como chegar a Siena

Se você dividiu sua visita em duas bases, terá passado pela Região dos Chianti e irá pernoitar em Siena. Caso esteja saindo direto de Florença para Siena, você poderá ir de trem regional. A viagem dura cerca de 1h30, sem necessidade troca de trem.


6Monteriggioni

Monteriggioni é uma cidade medieval que foi construída em 1213, no topo de uma colina, com o objetivo de defender Siena principalmente de Florença e Volterra. Nesta época, as cidades italianas defendiam seus territórios umas das outras. Isso só terminou com a unificação da Itália em 1929, com o Tratado de Latrão.

Localizada na província de Siena, Monteriggioni é cercada por um muro e possui apenas duas portas (Fiorentina e Porta Romea). A Porta Fiorentina, está voltada para o norte (Florença) e a Porta Romea está voltada para o sul (Roma). A cidade ainda possui 14 Torres. A comuna de Monteriggioni possui apenas 42 habitantes e é muito conhecida (virtualmente) pelos fãs do do game Assassin’s Creed. O local foi retratado como a principal cidade em domínio dos assassinos (inimigos mortais dos templários) e que tinha como líder Ezio Auditore da Firenze (protagonista do jogo).

Nos dois primeiros finais de semana do mês de julho, ocorre o principal evento da cidade: o Monteriggioni di Torri si Corona, que relembra duas grandes batalhas ocorridas na região, durante o período medieval.

Em Monteriggioni você pode visitar o castelo de Monteriggioni, o muro que cerca a cidade e o centro histórico.

Onde se hospedar em Monteriggioni

Quer ter a experiência de se hospedar em Monteriggioni, O melhor de viajar indica os melhores hotéis para você.

Como chegar a Monteriggioni

Monteriggioni fica entre Siena e San Giminiano, a caminho de Florença. Desta forma, ao retornar para a base de Florença, você pode passar por Monteriggioni e, em seguida, San Gimignano.

Para quem não está de carro, o melhor trajeto é pegar ônibus 131 (Poggibonsi) na Piazza Antonio Gramsci, em Siena, e descer na Colonna di Monteriggioni. Depois, fazer uma caminha de 700m para acessar a cidade.


7San Gimignano

San Gimignano é uma pequena cidade medieval, localizada no alto das colinas na Toscana. A cidade fica entre Siena e Florença. Mas, em uma estrada que não passa pela Rota dos Chianti. É também conhecida como a “cidade das Torres”. Deste o Vale d’Elsa você já vai avistar a cidade e suas torres. Algumas das cenas da novela Passione são paisagens de San Gimignano.

San Gimignano já possuiu mais de 70 torres e hoje conserva 15, somente. Seu centro histórico foi declarado patrimônio da humanindade pela UNESCO.

Você pode fazer um passeio por San Gimignano, conhecer seu centro histórico e contemplar suas torres.

Onde se hospedar em San Gimignano

Clique aqui e escolha as melhores hospedagens da região.

Como chegar a San Gimignano

Retorne para Colonna di Monteriggioni para pegar o ônibus 130 (sentido Poggibonsi) e siga no mesmo ônibus até Siena. Para quem está vindo de Florença, o segredo é pegar um trem até a estação de Poggibonsi e seguir neste mesmo ônibus até San Gimignano.meuip.co


 8Livorno

Livorno é uma cidades mais antigas da Itália. Localizada a 80km de Florença, é cortada por canais e cercada de torres e muralhas que dão um toque medieval para cidade. O comércio local é baseado na pesca, por ser banhada pelo mar Mediterrâneo. Livorno é uma cidade portuária de grande importância para a Itália.

Grande parte de suas ruínas surgiram por causa de bombardeios da Segunda Guerra. Mas, com o passar do tempo, Livorno se transformou em uma das cidades mais belas da costa oeste da Itália.

O que fazer em Livorno

Para quem é fã de compras, a Via Grande, em Livorno, é o maior centro comercial da cidade com diversas lojas como Nike, Zara, Calzedonia e Intissimmi.

Para quem vai em busca de praia, Livorno possui o Terrazza Mascagni, que é uma belíssima orla para quem quer apreciar o mar, fazer uma caminhada ao longo da praia, ver o sol se por, etc. Mas, para quem deseja mergulhar e “tomar um sol”, em Livorno tem a Calafuria, que fica a 20 minutos de Livorno Centrale.

Para aqueles que querem curtir a noite em Livorno, as opções são restaurantes e pubs. Boa comida e variedades de frutos do mar marcam o que de melhor a cidade tem a oferecer.

Outros destaques da cidade são o Santuario di Montenero, acessível através de um funicular, e a Fortezza Vecchia, uma antiga fortaleza que fica ao lado do Terminal de Cruzeiros.

Hospedagem em Livorno

Clique aqui e saiba onde se hospedar em Livorno.

Como chegar a Livorno

Livorno também está acessível por trem. Pegue um trem regional em Firenze Santa Maria Novella e aproveite o dia por lá, retornando à tarde ou no final do dia.


 9Arezzo

Arezzo é a cidade onde o filme foi rodado o filme “A vida é bela”, de Roberto Bellini.  Ao chegar lá, você vai ver placas informativas em todos os cantos usados como cenário. A cidade está localizada mais ao Sul da Toscana, a caminho de Roma.

Esta cidade medieval é o local de uma celebração anual chamado de “o jogo dos sarracenos”, em sua grande praça repleta de casas medievais. Arezzo é uma cidade pequena. Entretanto, tudo está devidamente indicado em placas pela cidade toda.

O que fazer em Arezzo

A Corso Itália é a via principal de Arezzo, uma das mais procuradas pelos turistas. Nesta rua, você vai encontrar algumas lojas de grife, muitos cafés e restaurantes. Outro destaque para vistar em Arezzo, a Piazza Grande é o coração da cidade. Através de seus edifícios, de diferentes épocas e estilos arquitetônicos, conhecemos muito sobre a história da região. A praça é um espaço aberto em meio a construções antigas da cidade. Ela possui um relevo todo desigual e essa combinação lhe confere um charme que a difere de todas as outras na cidade.

Outros destaques turísticos em Arezzo: a Santa Maria della Pieve, o Duomo San Donato, a Igreja de San Domenico e a Piazza Sant’Agostino.

Onde se hospedar em Arezzo

Resolveu se hospedar em Arezzo? Clique aqui e escolha seu hotel.

Como chegar a Arezzo

Arezzo está a poucas horas de trem, para quem sai de Florença. Você pode fazer um bate-volta ou pode ser o destino ideal para uma visita rápida, antes de seguir para Roma. Verifique as novas regras de viagem de trem regional pela Itália e faça o planejamento da sua viagem.


10Fiesole

Fiesole é está nos arredores de Florença e é fácil de chegar. Por isso, é possível deixá-la para o dia da chegada. Mas, dependendo de onde estiver vindo, isso só vai ser possível se conseguir fazer o check-in no hotel, no primeiro horário.  Mas, se não der tempo, tente encaixar em algum outro dia, talvez dê para aproveitar o dia de Livorno, quando retornar para Florença.

É uma pequena cidade etrusca-romana, muito procurada pelos turistas. Por ser estar 300m acima do nível do mar, logo em cima de uma colina, você já sente uma brisa fresca e um ótimo clima. Fiesole é cheia de bosques e possui uma vista incrível de Florença. Lugar preferido dos visitantes, escritores, pintores, em passagem pela capital da Toscana. A cidade também é procurada pela sua importância artística e histórica, sendo uma das mais importantes cidades etruscas na Itália. Além disso, a cidade também tinha importância por sua incrível área arqueológica.

O que fazer em Fiesole

Em Fiesole você pode visitar o Convento di San Franceso, o Museu Cívico, a Área arqueológica e a Piazza Mino.

Hospedagem em Fiesole

Procurando local tranquilo para se hospedar na Toscana? Clique aqui e veja as melhores opções em Fiesole.

Como chegar a Fiesole

Fiesole está a 6km de Florença, ficando a 10 minutos de carro. Mas, se quiser utilizar o transporte público, basta pegar o ônibus número 7, na Piazza San Marco, centro de Florença. Você vai descer direto na Piazza Mino.

2 comentários em “Roteiro de 7 dias pela Toscana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *