Roteiro: Florença em dois dias

Elaboramos um roteiro para Florença em dois dias, baseado nas nossas últimas duas viagens por lá. Para melhor planejar as visitas, o ideal é pular da cama cedo, ao contrário de Londres, onde os estabelecimentos abrem por volta de 10h, em Florença, a maioria já está aberta a partir das 08h30, principalmente museus e atrações turísticas.

Conhecida como o berço do Renascimento, Florença possui ruas estreitas, algumas construções medievais e é, assim como Roma, uma das nossas viagens preferidas. Principalmente, por ser rica em arquitetura, cultura, artes e história, além da proximidade entre os diversos passeios que se pode realizar por lá.

Onde se hospedar em Florença

O melhor local para se hospedar em Florença é no centro histórico. Na nossa última viagem, ficamos próximo à igreja de San Lorenzo, na Piazza di San Lorenzo. É bem próximo ao Duomo de Firenze, a 5 minutos da estação de trem. Muitos passeios podem ser feitos a pé e, o local é bem movimentado à noite.

Quer saber mais? Veja aqui uma lista com os principais hotéis

Onde comer em Florença

Lanches / Almoço

Em nossa primeira visita a Florença, andando pela cidade, conhecemos o Cucciolo, ou melhor Bar Particceria Cucciolo. É uma ótima opção para um lanche ou até mesmo um almoço em um lugar simples e barato, porém muito gostoso, não somente pelas massas e pizzas, mas também pelo ambiente e pelo atendimento informal e atencioso. É só apontar para uma das comidas expostas na vitrine e pedir um vinho da casa que você estará bem servido, gastando muito pouco.

Muito bem localizado, a um quarteirão do Duomo e do Batistério. Em nossa segunda passagem por Florença, procuramos o Cucciolo, mas estava fechado. Entretanto, uma informação na porta dizia que não abria às segundas-feiras (chiuso lunedì), uma pena. Não conseguimos retornar no local para saborear a deliciosa pizza.

DSC03154

IMG_1226

Gelatos

Florença também tem muitas casas de gelato espalhadas pela cidade.  Os gelatos italianos são os mais deliciosos do mundo, muito mais saborosos e mais saudáveis do que qualquer paleta mexicana. No entanto, você pode optar por gelato ou sorbetto. A diferença é que o sorbetto é feito somente de frutas e leva água, açúcar e espessantes. No gelato, são os mesmos ingredientes, no entanto, a água é substituída por leite e você pode encontrar outras opções como chocolate, além dos sabores de frutas como frutti di bosco.

Vinho em Florença

Ao viajar, podemos experimentar o que de melhor se produz na gastronomia local. Falando sobre vinhos, a região da Toscana é uma das principais produtoras de vinho na Itália. Planejando seu roteiro por Florença e pela Toscana, não deixe de incluir alguns lugares onde você pode experimentar os vinhos produzidos na região ou em outras partes da Itália. Desta forma, selecionamos uma lista de lugares onde você vai poder apreciar um bom vinho, em harmonia com algum prato da culinária italiana.

Roteiro de 7 dias na Toscana

Para quem está planejando viajar pela região, preparamos um roteiro de 7 dias em 10 cidades na Toscana. Você pode incluir estes dois dias em Florença, além de um dia para visitar Pisa e Lucca. Nos outros dias, você pode aproveitar a Região dos Chianti, onde são produzidos os vinhos na Toscana, e as cidades medievais como Siena, Arezzo, San Gimignano e Monteriggioni.

Florença em dois dias – Primeiro dia 

Duomo de Florença

Fica no centro histórico da cidade, inserido no coração de Florença. Conhecido como Duomo de Firenze, a famosa cúpula de Bruneleschi, o batistério, a Porta de bronze del Paradiso e o Campanile di Giotto pertencem à Catedral de Santa Maria de Fiore ou, simplesmente, Catedral de Florença, de onde é possível ter uma incrível vista da cidade.

A Catedral é grandiosa, carregada de arte e história e com características muito peculiares. É um dos símbolos de Florença. Tem uma fachada neogótica fantástica, em mármore toscano nas cores verde, branco e rosa. Sua cúpula de telhas alaranjadas e seu campanário o tornam ainda hoje a edificação mais alta da cidade. Seu interior não se iguala em beleza ao seu exterior, mas tem belos mosaicos em seu piso. O batistério ao seu lado é riquíssimo em detalhes com seus mosaicos coloridos e seus famosos portões de bronze.

Diariamente, o Duomo de Florença recebe em torno de 25 mil visitantes e é possível enfrentar uma fila com centenas de visitantes. Para visitar o Duomo, o acesso é grátis e funciona de 2ª a 6ª de 8h30 às 16h20, sábado de 8h30  às 17h, estando fechado em janeiro, na Semana Santa, Corpus Christi, 15/ago, 8/set, 1º/nov, na primeira semana do advento, e em 25 e 26/dez).

Galeria dell’Accademia

A galeria é composta por múltiplas esculturas, de vários autores.  O grande destaque é, sem dúvida, o David de Michelangelo, que impressiona pelo tamanho e, também, pela riquezas de detalhes do corpo humano. A escultura demonstra o rico conhecimento de anatomia, já existente na época do Renascentismo.  A galeria está a 600m da Catedral de Santa Maria del Fiore, em uma rua escondida. Saindo da Estação de Santa Maria Novella, você pode pegar o ônibus nº 17 e descer na Piazza di San Marco. Siga pela mesma calçada e dobre à direita na mesma calçada. É só andar por mais alguns metros para encontrar a entrada.

24210835540_a6420139e8_k

 

Galleria degli Uffizzi

Localizado no centro histórico de Florença, próximo a Piazza della Signora, é o maior museu de arte da Itália, e possui um dos maiores acervos do mundo. Construído por Giorgio Vasari a pedido de Cosmo I de Médici para que ali fossem os gabinetes administrativo e legal (ufizzi, em italiano antigo). Lá se pode apreciar um panorama da arte italiana, incluindo obras góticas, renascentistas e posteriores. Destaque para as obras:

  • A Primavera, de Botticelli
  • O Nascimento de Vênus, de Bottticelli
  • A Virgem com pintassilgo, de Rafael
  • Sagrada Família, de Michelangelo
  • Adoração dos Magos, Leonardo da Vinci
  • Bacco, de Caravaggio
  • Retrato de Eleonora de Toleto com seu filho, de Bronzino
  • A Virgem com o filho, de Giotto
  • Virgem com o filho e dois anjos, de Fra Filippo Lippi
  • Retrato dos duques de Urbino, de Piero della Francesca

Destaque para as obras feitas sob encomenda da Família Médici, como o Retrato de Eleonora e seu filho, considerada uma obra-prima de Bronzino, que evidencia a imagem da duquesa Eleonora de Toledo, esposa de Cosmo I e mãe de 11 Médicis. O retrato com o filho representa a continuidade da dinastia Médici. Já, o Nascimento de Vênus, retrata o nascimento da deusa do amor, Afrodite ou Vênus. O quadro foi produzido conforme a mitologia grega, onde diz que Vênus nasceu do mar, sob uma chuva de rosas, e foi empurrada para a praia em uma concha, cercada pelas Horas ou Ninfas, que são deuses do vento. O quadro retrata o instante em que a concha toca a areia e uma das Horas estende um manto de púrpura para a bela Vênus, idealização da beleza, da pureza e do amor.

Evitando a fila nas galerias Uffizzi e Accademia

Compre online com antecedência mínima de um mês, no site oficial de venda de bilhetes do Polo Museale di Firenze. A reserva tanto para Uffizzi, quanto para para a Galleria dell’Accademia custa €4, além dos €8 pelo bilhete de entrada. Se for fazer esse passeio no mesmo dia, reserve, pelo menos 3h para Uffizzi e 1h30 para Accademia.

Para a Galleria degli Uffizzi, imprima o e-mail e leve com você, entretanto, somente este e-mail não garante a entrada no museu. Cerca de 15 minutos antes da entrada, apresente o e-mail da reserva e troque pelo ingresso na Porta 3 (fica à direita de quem vem da Piazza della Signora) . Na hora marcada, apresente o ingresso na Porta 1 para entrar (do lado oposto da Porta 3).  A Porta 2 é para quem não realizou a reserva pelo site.

Já na Galleria dell’Accademia, você deve trocar a reserva pelo seu bilhete de ingresso, em um guichê, em frente à entrada do museu, do outro lado da rua.

Ingresso de acesso ao Museu

Piazza della Signora

Enquanto espera para entrar no Uffizzi ou depois de visitar, você pode apreciar uma das mais belas praças de toda a Itália. Em frente ao Palazzo Vecchio, atual sede da prefeitura da Comune de Firenze, a praça é um verdadeiro museu a céu aberto, onde você pode encontrar uma réplica do Davi de Michelangelo, uma magnífica fonte de Neptuno, o rapto da Sabina de Giambologna, Perseu com a cabeça de medusa, de Cellini.  Também é válida a visita durante a noite, pois a praça iluminada fica muito bonita. A praça também é um local de vários eventos como reuniões, reinvidicações e comemorações.

Piazza della Signora

Segundo dia em Florença

City SightSeeing

O roteiro te dá uma noção básica sobre as atrações de Florença de um ponto de vista único. No topo de um ônibus de dois andares sem teto, além da comodidade de poder sair no ponto que você desejar e pegar o próximo ônibus. Para quem não fala italiano ou inglês, há disponibilidade de narração do trajeto em português também. Em nossa primeira vez na cidade, compramos o passeio para ter uma ideia melhor da cidade. O custo é de €20 por adulto o combo da linha A com a linha B (crianças de 5 a 15 anos, pagam €10) e vale a pena para quem nunca esteve na cidade. Tanto a linha A, quando a linha B saem da Piazza della Stazione.

City SightSeeing Firenze

Você pode comprar seu bilhete no site ou no ponto de informações turísticas da comune di Firenze, ao lado da igreja Santa Maria Novella. A linha A leva 60 minutos para dar uma volta completa no trajeto e a linha B, em um trajeto diferente, leva 120 minutos. Você pode ver o percurso e comprar os bilhetes desejados, acessando o site oficial. Entretanto, caso não tenha interesse no passeio, é possível realizar estes mesmos percursos, combinando passeios a pé com trajetos mais longos, utilizando a linha de ônibus da própria cidade.

Piazzalle Michelangelo

Localizada em uma colina, a praça possui com uma vista sensacional para o Rio Arno e a cidade de Florença. Ainda possui uma réplica da estátua de Davi. O local possui uma feirinha e algumas vezes ao ano, acontece o festival de gelato. Está no trajeto do City SightSeeing. Mas, se você optou ir de outra forma, pode ir de ônibus, é só pegar a condução nº 12 ou 13, na estação Firenze Santa Maria Novella e seguir até lá, Ou então, você pode optar por uma caminhada. Do Galleria degli Uffizzi até lá são 1,4km e 20 minutos de caminhada. O melhor, nesse caso, é combinar a subida de ônibus com a descida a pé para observar o que há pelo caminho.

Réplica do Davi na Piazzalle Michelangelo

 

Ponte Vecchio vista da Piazzalle Michelangelo
Ponte Vecchio vista da Piazzalle Michelangelo

 

Florença - Palazzo Vecchio visto da Piazzalle Michelangelo
Palazzo Vecchio visto da Piazzalle Michelangelo

 

Florença em dois dias
Catedral Santa Maria del Fiore

TesteDriveFirenze – Ferrari

Ainda na Piazzalle Michelangelo, você tem a possibilidade de realizar o sonho de pilotar uma Ferrari. Com valores entre €55 e €330, com a opção de poder levar no máximo dois caronas (por €20, cada), além da oportunidade de poder gravar a experiência em uma GoPro por mais €20. No entanto, é necessário ter a PID (Permissão Internacional para Dirigir) para realizar o test-drive. Os modelos de Ferrari disponíveis atualmente são a Ferrari 458 Spider e a Ferrari California T. O passeio dura de 10 a 90 minutos, dependendo do que for contratado.

Test drive da Ferrari

Ponte Vecchio

Um dos cartões postais de Florença, a Ponte Vecchio é um local de visita obrigatória. Uma belíssima ponte em arco medieval sobre o Rio Arno. Acredita-se que tenha sido construída ainda na Roma Antiga e era feita originalmente de madeira. Foi destruída pelas cheias de 1333 e reconstruída em 1345, com projecto da autoria de Taddeo Gaddi. Durante a Segunda Guerra Mundial, a ponte não foi danificada pelos alemães. Imagina-se que tenha sido uma ordem direta de Hitler.

Atravessando a ponte, é possível encontrar diversas lojas, sendo as mais emblemáticas as ourivesarias e joalherias, destacáveis não só pelos belos trabalhos, como também pela originalidade. Por lá, passam milhares de turistas diariamente e, nos arredores, você pode encontrar muita arte como pintura e surpreendentes músicos de rua, além da vista para o Rio Arno, é claro. Aproveite o horário de fim de tarde para visualizar um bonito pôr do sol.

Ponte Vecchio - Foto: Kal Carvalho

Ponte Vecchio - Foto: Kal Carvalho

Piazza della Repubblica

A Piazza della Republica é clássica em Firenze, atraindo tanto turistas quanto moradores. Situa-se próxima ao Duomo e tem em seu entorno diversas atrações gastronômicas e comerciais, como o café Paszkowski e o Hard Rock Café.

Além da beleza da praça em si, o belíssimo carrossel dá um ar diferente das demais praças de Firenze. Está sempre movimentada, inclusive à noite.

Piazza della Repubblica

Esses passeios foram realizados com base em um dia de verão, onde o sol de põe após as 20h30. Na alta temporada, a cidade está mais cheia de turistas. No entanto, em períodos de inverno, o sol pode se por até 17h30, sendo 3 horas (6h, em dois dias) a menos para realizar todos os passeios, porém, a quantidade de turistas costuma ser menor na baixa temporada.

Mais informações sobre Florença e a Toscana

*Atualizado em 13/08/2018

10 comentários em “Roteiro: Florença em dois dias

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: