Curtindo a vida adoidado em Chicago

Um programa diferente e irreverente para os fãs do filme Ferris Bueller’s Day Off (Curtindo a Vida Adoidado, em português) é visitar Chicago entre neste mês de maio. Para quem não conhece ou nunca assistiu, o filme lançado em junho de 1986 e foi reprisado diversas vezes na Sessão da Tarde, da TV Globo. A história tem como protagonista um jovem chamado Ferris, que resolve tirar um dia para aproveitar a vida. Ferris finge estar doente para matar aula junto com sua namorada Sloane e o melhor amigo Cameron. A cidade de Chicago, que foi cenário da produção, realizará uma grande homenagem ao estilo de vida de Ferris Bueller.

9933227_G

Um dos principais destaques da festa é o desfile onde Ferris canta “Twist and Shout”, dos Beatles, levando o público ao delírio. Além disso, também serão realizadas exibições públicas do filme e vários estabelecimentos irão promover eventos relacionados com as histórias de aventura e curtição do protagonista e seus amigos.

cartaz-ferris-fest

Alguns fãs desembolsaram US$ 300 para participar dos três dias da Ferris Fest. O pacote promocional inclui um tour de ônibus pelos lugares da cidade que aparecem no filme. Os fãs ainda terão direito a uma camiseta, encontro com atores e produtores de “Curtindo a Vida Adoidado”, uma festa muito louca e uma visita a uma réplica do quarto de Bueller, além das exibições do filme. O pacote com ingressos para todos os dias já estão esgotados. Mas, ainda há tickets para cada dia em separado ou para eventos. É possível visitar o quarto de Ferris e participar do desfile no centro da cidade. os ingressos podem ser adquiridos no site oficial do evento.

chi-ferris-bueller-mansion-contract-20140122-001

O tour tem como pontos de visita os principais cenários do filme como a casa de Cameron, onde se encontra a garagem de vidro que foi gravada a cena da destruição da Ferrari do pai do amigo de Ferris, a escola Glenbrook North, o Instituto de Artes de Chicago, a Avenida Deerborn, onde será realizada a parada, o Skydeck da Willis Tower (anteriormente conhecida como Sears Tower), de onde eles observaram a cidade do alto, o Lago Michigan, o estádio Wrigley Field, onde assistiram a um jogo de beisebol e até a caixa d’água onde havia uma faixa com os dizeres “Save Ferris”, no filme.

gallery-chicago-ferris

Onde se hospedar em Chicago

Naturalmente, a melhor área para se hospedar é no Downtown de Chicago, ou seja, no centro da cidade, devido a maior estrutura. Mas, balanceando o custo de hospedagem com alguma infraestrutura, é possível encontrar opções com bons preços a poucos quarteirões, tanto para norte quanto para sul, da ponte da North Michigan Avenue, que é onde passa a linha vermelha do metrô, facilitando a locomoção entre os principais pontos turísticos da cidade.

Quer saber mais? Veja aqui uma lista com os principais hotéis

O que comer em Chicago

Em Chicago vá com fome para experimentar a famosa e tradicional Pizza do Giordano’s que é quase o símbolo da cidade, mais parecida com uma torta do que uma pizza.

7476622494_00993aa9ef_k

Principais atrações turísticas da cidade

Além da Ferris Fest, que acontece no próximo final de semana, você pode aproveitar para conhecer os principais pontos de interesse e outros eventos realizados na cidade.

Taste of Chicago

10657633675_fec584079a_k

Entre os dias 6 e 10 de julho, acontece o Taste of Chicago que é o maior festival gastronômico do mundo, atraindo milhões de apreciadores da boa comida ao Grant Park, desde 1980. O evento possui entrada franca e é possível saborear alguns dos pratos mais deliciosos dos melhores restaurantes, food trucks e barraquinhas de chefs convidados de Chicago. O festival possui uma variada diversidade musical e, grandes artistas dos anos 90, como Erykah Badu e Weezer, se apresentam para os participantes.

Instituto de Artes de Chicago

10308523953_a40fd3fb94_o

O Art Institute of Chicago pode ser visitado a qualquer momento em que estiver na cidade. O museu é uma das principais atrações de Chicago, impressiona pelo tamanho do acervo. O ideal é reservar o mínimo de 4 horas para visitar. No local, é possível encontrar obras dos principais pintores como Van Gogh, Picasso, Miro, Renoir, entre outros, em exposições fixas ou temporárias. O ingressos podem ser adquiridos no site oficial do instituto.

Millenium Park e o Cloud Gate

Tulipas no Millenium Park

Millennium Park é um lindo e enorme parque lindo parque, bastante arborizado, onde está localizado o Cloud Gate. As pessoas procuram o parque para relaxar, pegar um sol e praticar diversos tipos de atividades durante o verão.

Cloud Gate

Já o Cloud Gate é uma escultura de Anish Kapoor feita em aço inoxidável. Ela tem o formato de um feijão e foi apelidada de “The Bean”.  O monumento é uma atração para diversos visitantes que vão ao local para tirar fotos incríveis.

Sears Tower Skydeck 

3888333067_e66864a7f6_o

A torre também é ponto de parada da Ferris Fest. No fime, curtindo a vida adoidado, os amigos ficam observando a cidade. O observatório está localizado no 103º andar da Willis Tower. Do local, se pode ver a toda cidade a mais de 400m de altura. Além disso, é possível ver muito além das grandes planícies de Illinois e o Lago Michigan torna a vista ainda mais bonita em um dia com céu aberto.

Como chegar a Chicago

Chicago, além de cenário do filme Curtindo a vida adoidado, é a capital do estado americano de Illinois. A cidade fica à beira do Lago Michigan. A capital mais próxima é a cidade de Milwalkee, no estado de Wiscosin. Para quem está viajando de carro, é possível viajar de Milwalkee até Chicago pela rodovia Interstate 94. A viagem dura pouco mais de 1h30. Seguindo pela I-94, a oeste de Chicago você encontra de Detroit, maior cidade do estado de Michigan. A viagem de Detroit a Chicago pela I-94 dura quase 4h30 em um percurso de 450km. Ao sul de Chicago, pela Interstate 65, em uma viagem de quase 3h, você poderá vir de Indianápolis, capital do estado de Indiana e sede do evento automobilístico conhecido como Indy 500 ou as 500 milhas de Indianápolis.

Do aeroporto até o centro da cidade

7627260022_7000582b03_k

Para quem vai direto do Brasil e não deseja alugar um carro, é possível utilizar o transporte público para sair do aeroporto Chicago O’Hare e se deslocar pela cidade até o hotel. Você pode planejar seu deslocamento antecipadamente usando o Moovit ou o CityMapper.

Metrô

Chicago possui um sistema de pagamento do metrô chamado Ventra Card que é parecido com o Oyster Card de Londres. Você paga 5 dólares pelo cartão, carrega com a quantidade de passes que deseja utilizar (1, 3, 7 dias, etc.) e, na hora de ir embora pode devolver o cartão e resgatar o valor pago. No entanto, caso não quiser adquirir o cartão, você pode comprar o Ventra Ticket. Este bilhete para uma viagem simples custa 3 dólares, o passe de 1 dia (1-Day pass) custa 10 dólares e o bilhete de/para o aeroporto Chicago O’Hare 5 dólares.

ventra-payment

A estação de metrô fica no nível inferior do aeroporto de O’Hare (lower concourse). Os terminais 1, 2 e 3 possuem conexão direta para lá. Do Terminal 5 será necessário pegar o airport shuttle train (sem custos) para ir até a estação.

Saindo do aeroporto, a linha azul do metrô segue até o centro da cidade. Mas, dependendo do local onde for ficar, vai precisar fazer alguma baldeação:

  • Para pegar a linha vermelha: Desça na estação Jackson;
  • Para a linha verde: Desça na estação Clark/Lake;
  • Para as linhas laranja, rosa ou marrom: Desça na estação Clark/Lake ou na Jackson;
  • Para outras linhas: Será preciso mais de uma baldeação;

Chegando por voos domésticos, é possível que você desça no Chicago Midway. Este aeroporto é mais próximo do centro da cidade. Para chegar até o Loop de Chicago, você deve pegar a linha laranja. O Loop é o centro da cidade de Chicago. Ele compreende a sede administrativa, o centro financeiro e o centro histórico preservado na história do estado.

Outros serviços

Você ainda pode optar por outros serviços como Táxi, Shuttle ou Limousine. No entanto, a escolha depende da quantidade de malas e de pessoas. Se estiver sozinho, o serviço de Shuttle é mais em conta. No entanto, ele levará você e mais outras pessoas até os destinos de cada um. Para mais de uma pessoa, o serviço de Limousine é o ideal.  Ele é, no máximo, igual ao valor do Shuttle e possui um serviço melhor que o táxi. O valor pode sair por até 60 dólares.

Deixe uma resposta