Cruzeiro pelo mediterrâneo pode ser vantajoso

Olá pessoal, tudo bem? Vamos passar mais uma experiência que tivemos nas nossas últimas viagens. Já fizemos 2 cruzeiros pela Europa, ao todo de 6 cruzeiros internacionais, os outros foram para Uruguai e Argentina.

Na maioria das vezes, temos somente um mês de férias ou um curto período para aproveitar uma viagem, conhecendo somente regiões próximas. Porém, através de um cruzeiro pelo mediterrâneo (ou pelos arredores europeus), podemos conhecer um pouco de cada país, toda vez que o navio parar em um porto. No último, realizado no ano passado, foi possível conhecer cidades como Nápoles, Messina, Valleta(Malta), Palma de Mallorca, Barcelona e Marselha, além do embarque e desembarque em Gênova. São vários passeios que você pode aproveitar, contratando o escritório de excursões ou realizando por contra própria, mas sempre ficando atento ao horário de saída do navio daquele porto.

12291217_10153659082411327_3522679272223322848_oExistem diversas companhias marítimas e itinerários, inclusive aqueles que fazem tours pelo mundo. Mas, tomando como base um cruzeiro da MSC de 7 noites pelo mediterrâneo, passando pelas cidades citadas acima, cada hóspede paga em torno de R$ 500/noite, mais taxas, podendo ser pago em até 10x. Os cruzeiros comprados diretamente na MSC italiana custam €87 (R$ 387, no câmbio de hoje), ou seja, quase 25% mais barato. Porém, não há possibilidade de serem parcelados.

Legal. Mas, como economizar? Algumas cias marítimas realizam o congelamento do câmbio e vendem o cruzeiro com a cotação bem abaixo do dólar turismo, o que já é uma baita vantagem. Além disso, a alimentação está disponível quase 100% do tempo, porém, em algumas você terá que comprar pacotes de bebidas, se não for vantajoso comprar o pacote com tudo liberado. Mas, ainda, como economizar? Bom, não adianta sair correndo e comprar um pacote agora, você tem que ficar de olho nas promoções. Algumas cias oferecem o segundo ou terceiro passageiro grátis. Para quem vai viajar a dois ou em grupo, já é uma vantagem pagar 1 ou 2 passagens e dividir o total entre 2 ou 3, respectivamente. Viajar em família também pode ser bem vantajoso, já que em algumas cias, os filhos até 18 anos incompletos, viajam grátis, desde que na mesma cabine com os pais.

12310035_10153676670066327_1703959749244568156_oAinda assim, a vantagem de um cruzeiro é que ele oferece não só hospedagem. Além de uma experiência gastronômica diversificada, também oferece toda uma infraestrutura de entretenimento com diversas atrações e atividades 24h a bordo. Piscina, cassino, bares, música ambiente, discoteca, atividades para crianças, compras, sem falar nos espetáculos e shows apresentados no teatro.

Bom, ainda temos que contas os custos com deslocamento. Tirando a parte que, ao viajar você terá que carregar malas, mochila, se estiver com criança pequena, carrinho de bebê e, considerando que seria uma semana de alívio durante as mudanças de cidade de um dia para o outro, pois, as malas ficarão no navio. Você pode ir para terra só com o necessário.

Poesia-buffets-02Pegando por exemplo, o cruzeiro citado acima, a partida de Nápoles para Messina de trem custa, no mínimo, €48, por pessoa. Contando que, provavelmente vai ter que se hospedar, ficaria muito mais complicado. Uma hospedagem custa, no mínimo €40, para uma pessoa, sem luxo, somente café da manhã e uma cama para dormir.

O dia em Messina ficaria bem apertado para fazer passeios, prejudicando uma possível visita ao Etna, pois ir para Malta é um outro fator complicado devido ao ferry boat com somente um horário fixo por dia. Nas segundas e quartas, há um horário extra, mais cedo. Mas, tem que atravessar a Sicília até Pozzallo em uma viagem de 4 horas e o trem não chega a tempo de pegar a primeira balsa. De Malta para Palma de Malloca não possui voo direto. São voos de mais de 7h com conexão. Depois, para ir até Barcelona, só de avião, pois ir de balsa leva mais de 7h. Aí, você conta que tem que fazer o check-in, despachar a mala e esperar pelo embarque. Depois do voo, ainda tem que esperar pela mala, mas, como se trata de um voo local, pode ser menos complicado. Mas, pode colocar umas 3 horas perdidas. Dependendo da disponibilidade de horário do voo, pode ser mais barato ou mais caro.

A Catedral de Messina e o "Orologio astronomico"
A Catedral de Messina e o “Orologio astronomico”

Além do deslocamento, você perde tempo também tendo que ir até o hotel, fazer o ckeck-in e deixar as malas. Para quem não vai ficar mais de um dia, a viagem acaba saindo cansativa. No cruzeiro você tem um tempo de 4 a 10h em determinada cidade. Mas, dependendo do tamanho da cidade, é possível conhecer bastante coisa.

Quando fomos para Messina, na primeira vez, contratamos a excursão do navio para uma visita ao Etna. Uma viagem de 3 horas ida e volta. Na segunda vez, conseguimos ver o “Orologio Astronomico”, mas não fomos ao Etna. Então, passeamos pela Catedral de Messina e demos uma volta pela cidade. Na primeira vez em Barcelona, fizemos o tour do estádio Camp Nou e ainda fomos até a Sagrada Família. Em Marselha, conseguimos fazer muitas coisas. Contratamos o transfer do navio, por causa da distância do porto, e o ônibus nos deixou próximo ao Vieux Port. De lá, pegamos o metro até a estação Préfecture e seguimos a pé até a Basilique de Notre Dame de la Garde, de onde se pode ter a vista mais bonita da cidade. Ainda fomos até o Estádio  Velodróme, do Olimpique de Marselha. Mas, na época, ainda estava em obras para a Euro 2016. Em Gênova, conseguimos visitar o Acquario di Genova, com tranquilidade. No final, ainda demos uma volta pelo centro da cidade.

3 comentários em “Cruzeiro pelo mediterrâneo pode ser vantajoso

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: