Viajando de trem pela Itália com somente um bilhete

A Trenitalia disponibiliza diversos trens pelas suas ferrovias na Itália. Desde trens que cortam toda a Itália em alta velocidade, até trens regionais que atendem algumas regiões, além dos trens que levam passageiros da Itália para fora do país. A dica de hoje é como viajar barato pela Itália, utilizando somente um bilhete. Essa regra é válida para os trens regionais italianos, mas eu acredito que essa regra seja válida para outros países também.

Categoria dos trens da Trenitalia

Se você planejar sua viagem utilizando o aplicativo Trenìt!, verá que a Trenitalia disponibiliza diversos tipos de trem:

  • EuroCity (EC) e EuroNight(EN) — Trens que levam passageiros da Itália para outros países de dia ou de noite.
  • Frecciarossa Alta Velocità (FR AV)Frecciargento Alta Velocità(FA AV) — Trens que percorrem longas distâncias em alta velocidade;
  • Frecciabianca (FB) — Também percorre longa distância, mas com uma velocidade limitada a 200 km/h.
  • InterCity(IC) e InterCity Notte (ICN) — Similar ao Frecciabianca, só que são mais baratos e param com mais frequência. Com opções para viajar de dia ou durante a noite.
  • Regionale — Trem ordinário, ou seja, que se repete de forma regular, com velocidade entre 90 e 140 km/h.
  • Regionale Veloce — Similar ao Regionale, no entanto, com velocidade superior.

Novas regras tornam mais difíceis viagem com somente um bilhete

Eu atualização a este post, com as novas regras para viagens de trens regionais na Itália, viajar entre dois grandes centros comprando somente um bilhete, se tornou tarefa quase impossível. Isso porque a Trenitalia reduziu o tempo de validade e o tempo de utilização dos bilhetes de trens regionais.

Entretanto, você pode comprar seu bilhete para o destino que deseja conhecer e comprar outro bilhete para o seu destino final. A diferença é que você terá dois bilhetes de viagem e poderá conhecer o destino intermediário pelo tempo que desejar. A diferença a ser paga é mínima, não causando impacto no orçamento final da sua viagem.

Quer saber mais sobre as novas regras? Clique aqui.

Identificando horário do trem regional na estação de trem

orario-treni-da-serravalle-fino-12-dicembre-2015-partenze (1)

Para entender melhor, ao chegar a uma estação, você encontrará um mural parecido com a imagem acima. Nele, você verá todos os horários de trens que passam naquela estação, sem diferença de dias. Isso significa que, se o trem de Florença para Pisa sai às 9h47 da Estação Santa Maria Novella, em uma segunda-feira, isso acontecerá também na terça, quarta, quinta ou sexta. Feriados e finais de semana também possuem uma programação no mural. Você também pode consultar esses horários no aplicativo Trenit.

Comprando sua passagem de trem

Ao chegar na estação, procure logo comprar seus bilhetes nos terminais de autoatendimento. Se você ainda não sabe como comprar as passagens de trem em um terminal de autoatendimento, aguardem em breve um novo post sobre o assunto. Mas, saiba que somente os trens de categoria Regionale e Regionale Veloce permitem esse tipo de passeio. Os trens de alta velocidade como Frecciarossa, Frecciargento,  Frecciabianca e, inclusive, o InterCity, possuem lugares marcados, não sendo possível utilizar um outro trem.

Validando o bilhete na estação

Fique atento, pois todos os bilhetes devem ser validados na estação de origem, se o fiscal identificar algum passageiro sem ter validado o bilhete, a multa é de 200 Euros. A máquina é semelhante a esta abaixo, o processo de validação é bem simples, basta colocar o bilhete na fresta que a própria máquina se encarrega de imprimir a data de validação. Verifique primeiro se a máquina não está fora de serviço (Fuori Servizio).

P1170823

Já reservou seu hotel na Itália? Verifique aqui os melhores preços!

*Atualizado em 12/04/2016 às 12:45

13 comentários em “Viajando de trem pela Itália com somente um bilhete

  • Pingback: Trens na Itália - nova regra para viajar de trens regionais na Itália

  • Pingback: 10 posts mais visitados em 2016

  • Pingback: Assis (Itália) - principais atrações da cidade em um dia de viagem

  • 4 de novembro de 2016 em 16:36
    Permalink

    Boa tarde.
    Tirem uma dúvida minha. No meu roteiro, estou partindo de Florença para Bolonha. A passagem Firenze SMN – Bolonha pela Italo é 17 euros, enquanto a passagem Firenze-Verona é 9,90 euros. Detalhe: o trem que vai a Verona é o mesmo, faz um stop em Bolonha apenas. Posso comprar a passagem para Verona e descer no meio do caminho em Bolonha sem problemas? Imagino que aqui não seria problema porque não há controle na saída e o bilhete é validado onboard.
    Agora outra: posso voltar de Bolonha para Florença usando o mesmo tipo de passagem? Acho que aqui seria problema porque não teria validado o primeiro trecho de Verona a Bolonha onboard, né? O fiscal poderia visualizar e encrencar, certo?
    Obrigado.

    Resposta
    • 7 de novembro de 2016 em 08:19
      Permalink

      Prezado Marco, os bilhetes comprados pela Italo não dão direito a esta parada. Pois o trem da Italo não é um trem regional. A Italo fornece um serviço de alta velocità, que não se enquadra na categoria de treni ordinari, ou seja, trens que se repetem regularmente. Provavelmente, esse valor de €9,90 é alguma promoção. Pois, o valor regular da Italo entre Firenze SMN e Verona é de €18,50.

      Se você optar por comprar a passagem nos terminais de autoatendimento em qualquer estação de trem, você tem duas opções:

      A primeira é escolher o trajeto, Firenze Santa Maria Novella e Verona Porta Nuova. Você verá uma opção de trens regionais (reg 3052, 6610 e 3064) saindo de Florença. No entanto, terá que descer em Prato Centrale, pegar o trem para Bologna Centrale. Daí, você não valida o terceiro bilhete e pode ficar quantos dias o bilhete permitir em Bolonha. Normalmente, os bilhetes não válidados, tem prazo de utilização de 2 meses. Não importa o trecho inicial, cada bilhete é como se fosse uma nova viagem. Essa viagem custa €17,60, no total.

      A segunda opção é pegar o Intercity 580 que vai até Bologna Centrale e, da mesma forma que o anterior, você terá mais um bilhete de trem regional para Verona, com utilização em até 2 meses.

      Vale ressaltar que os trens Intercity são trens com horário e poltrona marcada. Se você perder este trem, terá que comprar outro bilhete. O mesmo serve para o Italo, Frecciarossa, Frecciargento e o Frecciabianca, que são trens da categoria de alta velocidade.

      Uma dica para os trens regionais é: quando você receber mais de um bilhete para cada viagem, valide o bilhete somente na parte inicial do trecho. Por exemplo, se você pegou o trajeto Florença a Verona, com trocas de trem em Pratto e Bologna, quando chegar a Pratto, verifique nos painéis o próximo trem entre Prato e Bologna e valide o trecho entre Pratto e Bologna. Se você desejar ficar em Pratto, valide somente quando for viajar. O mesmo serve para Bologna. Só valide o trecho de Bologna a Verona, quando for sair de Bologna.

      Espero ter ajudado!

      Att,

      Kal Carvalho.

  • Pingback: Torre de Pisa e outras atrações da cidade em um dia

  • 21 de julho de 2016 em 08:25
    Permalink

    Bom dia! Estou meio perdida c/tantas dicas:
    Vou p/Milão, Veneza,Bolonha, Rimini, Floreça, Roma e Napoles.
    Como devo economizar com os bilhetes de trem, são 18 dias
    tem s como comprar um só bilhete para fazer esse percurso?

    Resposta
    • 21 de julho de 2016 em 08:56
      Permalink

      Bom dia, Arlete!

      Essas cidades são consideradas grandes centros, exceto Rimini. Para ir de Milão para Veneza, você até conseguirá um trem regional. Mas, Milão é ponto de saída e Veneza é ponto de chegada do trem regional. Isso significa que, para sair de Veneza para outras cidades, o regional é outro. Por exemplo, se você pegar um trem regional de Milão para Bolonha, ele fará outro trajeto e não passará por Veneza.

      No entanto, entre Milão e Veneza, você poderá conhecer Brescia, Verona, Padova e Vicenza. Obrigatoriamente, o Regionale 2097, que sai de Milano Centrale para em Verona Porta Nuova, onde você deverá pegar o trem para Veneza. Para este percurso, se você comprar direto na máquina de autoatendimento na estação em Milão, vai receber 2 tickets: um bilhete de Milão para Verona (Regionale 2097) e um bilhete de Verona para Veneza (Regionale Veloce 2723). Assim, como você ainda não validou o segundo bilhete poderá ficar em Verona o tempo que desejar porque ele tem um tempo de até dois meses para ser utilizado (sem marcação de validação). Então, na estação de Milão, valide somente o bilhete de Milão para Verona, se desejar conhecer Verona. A máquina grava a data e a hora em que o bilhete foi validado. Uma vez feito isso, no próprio bilhete estará escrito por quantas horas ele será válido (Vale 6h/24h da convalida). Entendeu ou consegui te deixar mais confusa?

      Outras opções de trajeto com o trem regional

      De Veneza a Bologna — Padova e Ferrara.
      De Bologna a Rimini — Ímola e Cesena.
      De Rimini a Florença — Cesena.
      De Firenze a Roma — Arezzo (e Assisi, pegando um trem para Assisi em Arezzo)
      De Roma a Napoli — Há diversas localidades pelo caminho. Porém, não encontrei nenhum destaque.

      Estes trechos custam entre entre €9 e uns €20, mais ou menos. Mas, se desejar viajar utilizando os trens de alta velocidade, você pode acessar o site da Trenitalia com 60 dias de antecedência (não é exato) e comprar passagens com promoção de €19,90, por trecho. No entanto, estes trens não param em estações intermediárias, tem lugar e horário marcados.

      Obrigado pela pergunta e espero ter respondido a sua dúvida.
      Estamos à disposição para responder perguntas no site e na página do Facebook também.

      Att,

      Kal Carvalho
      O Melhor de Viajar

  • Pingback: Trenit - horários de trens na Itália em tempo real

  • Pingback: Florença - o que fazer em dois dias

  • Pingback: Conheça o Festival do Presunto de Parma | O melhor de viajar

  • 17 de Março de 2016 em 13:58
    Permalink

    Gostei das dicas. Aguardo o complemento informando sobre a compra dos bilhetes.Obrigado

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: